Mentiras Perigosas chegou ao catálogo da Netflix recentemente, é válido lembrar que geralmente os romances clichês do mesmo serviço recebem bem mais atenção do que filmes com uma temática mais séria, como esse. Porém, vale a pena reservar um tempinho para assistir, pois a história é bem envolvente e interessante.

A personagem principal é interpretada por Camila Mendes, que ficou bastante conhecida após seu papel em Riverdale, muita gente, assim como eu, queria ver a atriz longe desse personagem e mostrando seu talento em alguma obra com temática diferente, para que pudéssemos ver o que a mesma pode oferecer. Confesso que gostei bastante da performance dela e estou ansioso para vê-la em outras obras.

A trama acompanha o casal de jovens, Katie e Adam, após a personagem perder seu último emprego, ela começa a trabalhar como cuidadora de um idoso, Leonard, que tem uma ótima relação com a mesma. No entanto, Katie e o marido estão tendo problemas financeiros, visto que ela é a única trabalhando, por isso, em um desabafo com o paciente e amigo sobre a situação, o Senhor se sensibiliza e resolve ajudá-los, oferecendo um emprego de jardineiro para Adam.

Tudo começa a desandar quando, inesperadamente, o dono da mansão vem a falecer. Como Leonard não tinha nem um parente, Katie acaba se tornando a pessoa mais próxima dele e a principal fonte na investigação iniciada. Após alguns acontecimentos importantes, ela descobre que ele havia deixado toda sua herança para a mesma, que fica muito feliz e assustada, sem saber lidar com a situação. O restante da história prefiro não contar, para não estragar a experiência de quem for assistir. 

Com esse pequeno resumo, não parece valer a pena, porém, Mentiras Perigosas tem muito a oferecer, fiquei intrigado do inicio ao fim, literalmente você não consegue parar de assistir até descobrir o que está acontecendo. Isso porquê os personagens são muito misteriosos, até mesmo os protagonistas nos deixam uma ponta de dúvida, se são realmente pessoas de confiança ou não. Creio que a intenção é justamente fazer com que desconfiemos de tudo e todos. 

A relação de Katie e Adam, de inicio, parece ser muito boa no começo, mas ao decorrer da trama, vamos percebendo que não é tão perfeita assim, eles tem muitos conflitos de ideias e algumas discussões. Na minha opinião, posso afirmar que não gostei do marido, achei ele extremamente irritante e manipulador, muitas vezes fazendo com que a esposa tomasse decisões duvidosas, por influência dele. Mas isso é uma percepção pessoal, visto que ele não é o real vilão do filme. 

A história nos mostra como o dinheiro é capaz de mudar as pessoas, que quando alguém adquire certo "poder", pode mudar sua personalidade completamente, ou simplesmente mostrar sua verdadeira face. Nos faz perceber também, que devemos ser autênticos e ter nossos próprios ideais e pensamentos, sem deixar ninguém interferir ou controlar nossas atitudes, por mais próxim que esse alguém seja.

Por fim, Dangerous Lies vale a pena, acredito que a Netflix mandou muito bem com a produção, é um filme curto e envolvente, nada cansativo, muito bom para passar o tempo e quem cansou dos clichês adolescentes da plataforma. Sem contar, que o plot twist no final é muito interessante e surpreendente, confesso que no inicio achei que seria um final bem previsível, mas pelo contrário, os últimos minutos são recheados de revelações e tensão, fazendo da obra uma ótima aposta no gênero de suspense e investigação.