O novo dorama coreano chegou a plataforma da Netflix no dia 28 de março, a historia é baseado em um webtoon de mesmo nome e é originalmente produzido pela emissora OCN, dirigido por Kang Cheol Woo que já foi responsável por séries como My Secret Romance.

Toma a trama gira em torno de Kang Ki Bum (Choi Jin Hyuk), um policial que esta investigando uma poderosa organização criminosa chamada Argos, essa organização tem tomado conta do país, envolvendo grandes empresas, políticos influentes e ate a força policial.

Kang Ki Bum (Choi Jin Hyuk)

Contudo nosso herói começa a chegar perto demais e assim, como uma limpeza de arquivo a Argos assassina sua esposa e perfuram os olhos do protagonista, (sim a cena é tem tensa e causa uma agonia terrível), como toda desgraça é pouca, o Kang acaba não sendo morto e quando ele acorda em um hospital ele é o considerado, injustamente, o culpado pela morte da esposa.

Já no primeiro episodio a serie já mostra que não esta de brincadeira e não tem nenhum medo de parecer violenta ou sanguinária.

Mas porque a comparação o demolidor?

Como são normais alguns ocidentais não tem ciência da existência do Webtoon na qual o drama foi baseado, então comparação com algo conhecido por todos é algo mais viável.  Alguns pontos que levam a achar isso:

  • Assim como o Demolidor, Kang Kibum perde um ente querido muito próximo para a máfia;
  • Ambos perdem a visão;
  • O senso de justiça e o desejo de vingança os tornam vigilantes vingativos;
  • Os dois desejam acabar com a máfia e salvar sua cidade.

Mas vale ressaltar que realmente tudo isso é só uma mera coincidência, a historia principal do Webtoon, trás como ponto principal um a medicina futurista onde se implanta órgãos mecânicos e tecnológicos para pessoas que necessitam de transplantes.

Roteiro

É impossível você não comparar o dorama ao filme de origem de herói. Logo nos dois primeiros episódios vemos o protagonista remoendo suas dores, suas perdas e ao mesmo tempo precisando lutar contra suas falhas a fim de se aperfeiçoar para um bem maior. Ele precisa aprender a lidar com suas novas habilidades e se tornar uma versão mais aprimorada de si. Basicamente eu relatei metade dos filmes de origem da DC e da Marvel.

Outro ponto que chama bastante atenção é que o roteiro usa muito bem o clichê tão conhecido de usa do artifício bom vs mal. Vemos os agentes especiais lutando contra bandidos sem escrúpulos e tudo mais, porem nada disso o torna chato, a história ainda consegue bem ser surpreendente e original à sua maneira.

#teamdobem

A trama consegue arrancar curiosidade do publico para entender como cada um do “time dos mocinhos” chegou ali, Visto que já sabemos a historia do Kang queremos também saber a historia dos outros três: Han TaeWoong  (Jo Donghyuk), Song Mina (Jung Hyein), Lee GwangCheol (Park SuHo). Outro ponto de curiosidade é sobre a agência na qual eles trabalham a Rugal, queremos entender qual é a deles, tudo ali deixa um ar de mistério, o que faz o que nos questionar se, ela é realmente boa e altruísta? Ou será que tem algo por trás?

Veredito

Rugal só vem confirmando o que muito já perceberam, essa safra de dramas coreanos na Netflix está cada vez melhor, boas tramas, excelentes atuações, incríveis efeitos especiais, algo realmente de primeira qualidade, o que esta conquistando bastante ao publico do serviço de Streaming.

Song Mina (Jung Hyein) metendo a porrada.

As cenas de ação da trama são algo muito forte e completamente espetacular, mesmo para pessoas como eu que não curte tanto essa pancadaria se sente obrigadas a elogiar de tão bem feita. A a coreografia das lutas é tão intensa que é impossível tirar os olhos da tela e uso de slowmotion  é feito na medida correta, não muito exagerado, usado em momentos cruciais para elevar a tensão. Apesar de cada episodio ter quase uma hora, a historia não é cansativa e ocorrem tantos acontecimentos que a hora passa e quando você nota o episódio acabou.

Sobre uma segunda temporada, nada ainda foi confirmado. Todos os episódios já estão disponíveis na Netflix.