Abyss ou O Abismo Mágico é um dorama coreano transmitida em 2019 e distribuída internacionalmente pelo serviço de streaming da Netflix e trouxe em seu elenco Park Bo-Young, Ahn Hyo-Seop e Lee Sung-Jae. Com a direção de Yoo Je-won e roteiro de Moon Soo-yeon.

Sua trama traz uma história intensa que envolve o mundo fantasioso da ressurreição e o mundo real com investigações de assassinatos de um serial killer, uma mistura bem curiosa que vicia do início ao fim.

Verdadeira fora da alma

A trama se inicia com Cha Min (Ahn Hyo-Seop/Ahn Se Ha), um homem que, foi abandonado pela noiva nas vésperas do casamento, decide pular da cobertura de um prédio, mas acaba se arrependendo no último instante, mas acontece um acidente, e o homem é atingindo por uma entidade sobrenatural e morre em consequência da queda involuntária.

Porém, como o ser sobrenatural fez com que Cha Min morresse antes da hora, ele tenta reparar o erro recompensando o rapaz com o direito a retornar dos mortos por meio de um objeto, parecido com uma bola de cristal chamado “abismo mágico”.

Cha min retorna com uma grande diferença: sua aparência não é a mesma de quando ele morreu. O rapaz, que para os padrões de beleza da sociedade, nunca foi considerado um homem bonito, volta com uma feição e um corpo completamente diferente, o que o impede de retomar a sua antiga vida.

Os seres sobrenaturais lhe explicam que, quando uma pessoa retorna dos mortos, ela assume a aparência que possuía em suas almas e não em seus corpos, ou seja, se você tem uma alma ruim ou egoísta provavelmente viria com uma aparecia fora do padrão e se você tivesse uma alma boa voltaria com um rosto belo. Após a explicação, os seres sobrenaturais entregam o Abismo Mágico para Cha Min e o aconselham a utilizar com sabedoria, já que ele teve a sorte de poder voltar a vida.

 

Após todos os acontecimentos ele decide procurar sua melhor amiga e antiga paixão de escola, Go Se Yeon (Park-Bo-young/ Kim Sa Rang), uma promotora de justiça que é considerada uma das mulheres mais bonitas para o padrão estético social e que sempre ignorou a atenção que Cha Min, colocando-o apenas como um amigo.

Se Yeon é uma importante promotora de sua época e acumula grandes casos em sua carreira, mas falhou na investigação de um crime contra uma adolescente e até hoje esse caso a persegue. Contudo, algo terrível e inesperado acontece com Se Yeon na noite em que eles tentam se ver, ela é brutalmente assassinada. 

Cha Min então utiliza o abismo mágico para trazer a amiga de volta. Ao retornar, ela volta com aparência de sua alma, perdendo a beleza majestosa que possuía antes e adquirindo um rosto considerado “comum” para os padrões estéticos.

E é ai que se inicia a trama, juntos os dois tentam descobrir um meio de retomar suas vidas e de descobrir quem está por trás do assassinato de Se Yeon, principalmente quando eles percebem que Cha Min foi colocado como o principal suspeito do crime.

o abismo magico netflix dorama coreano abyss thriller suspense 09
O Abismo Mágico ressuscita o falecido na forma de sua alma

 

Roteiro

Durante todo o dorama, a perseguição e investigação se torna constante e mantém a atenção do espectador. Em determinado momento vira um jogo de gato e rato, quando se sabe quem é o vilão e como pega-lo, mas ele sempre fica um passo à frente, prendendo os protagonistas numa roda sem fim. Isso fica um pouco desgastante.

Em contrapeso, não se torna chato nem entediante pois os elementos de romance e comédia são inseridos no decorrer da trama com perfeição.  O desenvolvimento dos personagens é gradativo e você acaba se apegando e torcendo por um final feliz, depois de tantos impedimentos e contratempos.

A série também se utiliza de meios nostálgicos e flashbacks para criar um vínculo maior com os personagens, além de preencher lacunas e balancear o clima do k-drama. O que é um grande ponto positivo para o lado cômico da série, e também as vezes contribuindo com o romance principal.

Atuação

Vale mencionar que as atuações desse dorama são excepcionais, mas quem se destaca é a atriz Bo-Young Park. Apesar dos “vilões” terem feito um ótimo trabalho, se tornando um adendo perfeito a trama, a atriz conduziu o enredo da história do começo ao fim, rendendo cenas impactantes e empoderadas, nos presenteando com um dos diálogos mais impactantes em doramas atuais.

"Um cavaleiro que faz tudo por mim para que eu não precise mover um dedo? É claro que também seria legal. Mas talvez por ser um tanto guerreira, eu não precise de um cavaleiro com uma espada ao meu lado. “

Não poderia deixar de mencionar a química perfeita entre os protagonistas. Não só nas cenas de romance,  mas como dupla investigativa. É claro que é de tirar o fôlego todas as cenas onde os dois protagonizavam um casal romântico, com direito a clichês que são presentes em produção do gênero, mas seria injusto deixar de fora o lado dramático onde os dois roubavam a cena. Toda intensidade que era necessária em cenas dramáticas ou de ação foi completamente entregue ao público, e isso deu-se pelo talento de ambos e pela sincronia que havia entre os atores.

Considerações finais

Abismo Mágico é um excelente dorama,  que possuí humor, drama e suspense em todas as doses necessárias para fazer o espectador se viciar na trama, além de trazer ótimos debates sobre violência doméstica e a propagação midiática de casos criminosos que ora ajudam e ora atrapalham as investigações. Se você gosta de histórias investigativas com bons personagens e interessantes núcleos de amizade, romance e relacionamento familiar. A trilha sonora é maravilhosa, e deixará a maioria dos fãs de k-dramas com o coração na boca e apaixonados pelo elenco principal. É uma excelente escolha de dorama para conhecer.

Todos os 16 episódios já estão disponíveis no catálogo da Netflix.