Não é novidade alguma que os BL'S (Boys Love), tem uma enorme quantidade de fãs e conquistando ainda mais e também inúmeros tramas de qualidades sendo produzida no mercado asiático. Embora a maior  de parcela destas produções sejam realizadas a Tailândia, outros países como China, Japão e Coreia do Sul, estão decididos a entrar nesse mercado em expansão.

Entenda o que são Bl's

A mais recente aposta da Coreia do Sul, é o BL Semantic Error, baseado em um romance de Jeo Suri, que começou como um começou como uma light novel, e mais tarde, foi adaptada para um manhwa online, ilustrada por Angy. Depois ganhou uma adaptação para um anime em 2021 e agora um drama live-action de 8 episódios disponíveis na plataforma Viki.

Semantic Error está sendo considerada uma das melhores adaptações de webtoon BL já produzida. O K-drama parece até mesmo ter superado a popularidade de sua webtoon e novel. Aqui no Brasil distribuição da light novel está nas mãos da NewPOP.

Imagem

A trama

A trama gira em torno de Cho Sang Woo (JaeChan)  um estudante calouro de ciência da computação que valoriza a razão, as regras e um senso rígido do que é certo, acima de tudo. Como parte de seu trabalho universitário, ele é instruído a trabalhar em um projeto em grupo para as artes liberais, no qual o grupo é obrigado a fazer uma apresentação final para passar em uma matéria do semestre, mas o resto do grupo — do qual ele não sabe nada — decidiu deixá-lo para fazer todo o trabalho sozinho, ele decide remover os nomes do grupo e fazer a apresentação como um trabalho solo, fazendo questão de pontuar que os demais não participaram em nada.

Mas mal sabia ele que, quando fizesse isso, daria um duro golpe nas perspectivas acadêmicas de um estudante veterano, chamado Jang Jae Young (Park Seo Ham), nosso outro protagonistas. Esse último, é um estudante de design, e totalmente oposto extremo de Chu Sang Woo. Ele é estiloso, divertido, talentoso e — acima de tudo — extremamente popular. Ele é o mais próximo que uma faculdade tem de uma superestrela!

Quando seu crédito extra pelo projeto de artes liberais é retirado, seus grandes planos de se formar e estudar no exterior são repentinamente jogados no ar. Então ele procura Chu Sang Woo e pretende atormentá-lo, mas quando a dupla é forçada a trabalhar em conjunto em outro projeto, e uma estranha atração começa a se desenvolver entre eles.

Jang Jae Young sabe como ser chato

Computação com Linguagem

 É interessante ver a dualidade de personalidade de Cho Sang Woo e Jang Jae Young, enquanto o primeiro faz tudo de forma metódica e padronizada, o segundo segue um estilo mais livre e criativo e assim vive. Para Sang-woo, Jae-young é um "erro semântico" — um termo usado na computação para se referir a uma falácia lógica. Ele não entende como outra pessoa pode ser tão despreparada.

Sang Woo, parece por diversas vezes, ao olhos do publico um robozinho sem sentimentos que apenas executa tarefas que ele mesmo já estabeleceu, inclusive Jae Young, consegue mexer com ele assim, atrapalhado as execuções das tarefas dele e assim como um computador que dá erro, o calouro também falhava com a intromissão do veterano em sua vida.

Robozinho Woo

De inimigos a amantes

Deveras esse é o clichê mais utilizado no mundo do romances, seja em livros, filmes ou séries. Por diversas vezes a utilização dessa linha narrativa causa uma certa falta de perspectiva por sua obviedade, mas quando utilizado de maneira correta, o romance pode encantar aos quem assistem.

A história de duas pessoas com personalidades e visões de mundo diferentes, acaba criando no imaginário de quem assiste, a ideia de que eles formam um casal perfeito, pois, como sabemos, as diferenças — tanto na ficção como no mundo real — passam a ser o principal fio condutor de uma boa paixão. E, aqui, isso acaba fazendo muito sentido.

Embora o personagem JaeYoung de início apenas busque uma retaliação por SangWoo ter atrapalhado seus planos, vemos que ao longo do tempo, as suas intenções mudam ao conhecer melhor o rapaz, assim como Sangwoo muida a visão de parasita preguiçoso que tinha do veterano. A raiva, antes demonstrada nos dois lados da relação, vai aos poucos se tornando o amor que ambos sentem um pelo outro.

 

Direção Feminina trás o tom correto

Um ponto muito bem abordado na historia é o romance leve e de certa forma inocente. A trama não carrega em seu desenrolar uma sexualização exagerada. Obviamente percebemos desejo e atração entre os personagens, mas sem estereotipar o romance LGBTQIA+ a promiscuidade.

A diretora de Erro Semântico, Kim So-jung explicou que ela "tentou tornar leve a visualização para as pessoas que estão encontrando o gênero BL pela primeira vez". O show permanece firmemente na fantasia do romance fofo do campus, onde a maioria dos jovens coreanos começam a descobrir a relações amorosas. 

É impossível não mencionar a sutileza nos instantes de afeto. Os toques recheados de prazer e os beijos completados por sentimentos, são componentes intrínsecos do desejo e do amor, seja dos personagens e dos atores, ou de quem escreveu e de quem adaptou essa obra. O cuidado em transmitir as emoções e todas as mensagens não necessariamente verbalizadas, é outro ponto que serve de catalisador para o progresso da série.

Imagem

 

Atuação

Outra coisa que serve de ímã para atrair a atenção, são as atuações. Por muito tempo, isso não apenas na Coreia, vimos casais sendo formados a partir de diversas técnicas para desenvolver química e atração diante das câmeras. Porém, com o elenco de Semantic Error, isso não acontece. Ao assistirmos, a excelente performance de Seoham e Jaechan, colocam em xeque o questionamento de que se realmente foi preciso de um tempo para eles prepararem os seus papéis, pois, o resultado do que é entregue em tela, é algo surreal e verdadeiramente orgânico. Podemos contar nos dedos as vezes que dois atores casaram perfeitamente assim como eles neste BL.

JaeYoung e SangWoo provam que eles não precisam de nenhum artifício externo para provocarem sensações e sentimentos em quem assiste. Os gestos, os olhares e a sedução pela qual eles caminham o tempo todo, definitivamente engrandece a relação proposta pelos seus papéis. Para ajudar nisso, a produção, banhada de elementos técnicos, resolve dar um tratamento na iluminação dos cenários onde eles se encontram em cenas específicas. A fotografia, juntamente com as cores presentes nos dispositivos cênicos, acabam realizando o papel de ajudar na transmissão da emoção dos personagens. SangWoo é marcado pelo azul, já JaeYoung pelo vermelho, e quando eles se juntam, a união dessas duas paletas começam a se misturar e revelar um roxo que se apresenta nos melhores momentos.

Imagem

Semantic Error trás um novo capitulo os Bls Coreanos

Recentemente, em 2015, a série "Schoolgirl Detectives" da JTBC foi alvo de uma ação disciplinar da Korea Communications Standards Commission (KCSC) por incluir um beijo do mesmo sexo. A série online de temática lésbica "Lily Fever" também recebeu um pedido de "ação corretiva" do KCSC em 2016 por "violar costumes decentes e outras ordens sociais". Apenas seis anos depois, agora podemos assistir a uma série que inclui cenas românticas de beijos do mesmo sexo sem serem penalizados por elas. Isso anuncia o início de uma transformação maior que poderíamos ter visto chegando.

Ao mesmo tempo, o país natal do gênero BL no Japão está experimentando o que poderia muito bem ser chamado de "revolução bl". "Ossan's Love" (2018), que foi ao ar na TV Asahi, foi um sucesso sem precedentes para uma série temática bl, como foram mais tarde programas como "Cherry Magic!" (2020).

A Coreia do Sul hoje parece estar seguindo os passos do Japão com adaptações "suaves" de filmes e TV de histórias bl. Mas o sucesso do "Erro Semântico" tem sido monumental no sentido de que ele abriu esse nicho de mercado — e é aquele que só vai crescer daqui para frente. O mercado está prestes a ficar muito maior. Eu me arriscaria a prever que em breve veremos séries temáticas de BL não apenas em sites de streaming, mas na TV a cabo e pública. Para o mundo da minissérie sul-coreana, o show tem sido um belo "erro".

Considerações finais

Semantic Error é um Kdrama muito rápido, leve e fofo de assistir. Provando que os BLs coreanos vem melhorando em termos de qualidade, atuação e storyline.

Em Semantic Error, nada é feito com desespero ou com pouco capricho. O drama começa e termina de forma honrosa, tudo amarrado e bem executado. Além disso, nota-se também, um requinte de aprimoramento estético, visual e profissional por parte dos envolvidos na produção e no desenvolvimento desse que, ousamos dizer, tem tudo para ficar marcado como o melhor BL coreano já feito.