Estreou essa semana, nos EUA, os dois primeiros episódios da 15º temporada de Grey´s Anatomy. Com uma proposta mais moderna, mas sem perder a essência da série, os primeiros episódios deram uma sequência complementar ao desfecho da 14º temporada. Algumas pontas ficaram soltas, para que fossem desenvolvidas no desenrolar da série, e novas situações e personagens foram introduzidos.

Ao que parece, essa temporada vai focar muito mais nos dilemas dos personagens. Ellen Pompeo, que interpreta Drª Meredith Grey, afirmou em entrevista que sua personagem vai finalmente namorar. Desde que seu Mc Dream morreu, na 11º temporada, Grey não consegue engatar na sua vida amorosa, e isso fez com que muitos dissessem que sem Derek Meredith não estava tão útil, já que sua personagem por vezes não era mais a protagonista. O que certamente vai mudar a partir do momento em que ela abrir seu coração para novas aventuras.

Jackson está mudado devido aos últimos fatos que ocorreram em sua vida, e sua possível rendição através da fé em Deus. A recuperação e o consequente casamento de April mexeu muito com ele, e agora mais do que nunca ele precisa de respostas. Pelo que dá para entender a roteirista vai explorar essa dualidade que há entre a medicina e a fé através de um personagem que até então era cético. O que parece ser algo bastante promissor, já que a série é conhecida por debater com muita coerência temas mais polêmicos.

Diante mão, os dois primeiros episódios são mais introdutórios, não revelam muita coisa, ao mesmo tempo em que trazem novas situações que certamente vão render muito durante série. Os novos personagens são bastante promissores e vão dar uma cadência a mais no ritmo do seriado.

Debbie Allen, como sempre, conseguiu conduzir esses episódios com muita sabedoria, dando o espaço que todos precisavam e enaltecendo os diálogos vibrantes do roteiro de Krista Vernoff. Além de conseguir explanar várias locações, dando mais ritmo aos episódios de 2h de duração quando somados.

No mais, a 15º temporada da série começou com pé direito, fechando um ciclo e começando outros, com algumas surpresas e um novo chefe de cirurgia que com certeza todos vão adorar. Há uma necessidade de reinvenção pelo tempo em que a série está no ar. No entanto, as raízes de Grey´s Anatomy estão sendo recordadas, e provavelmente esse é o caminho que a série vai seguir. Quem é fã agradece a escolha.