Quem diria que a equipe originalmente composta por Reed Richards, Sue e Johnny Storm e Ben grimm, teria nos últimos anos que lidar com o maior vilão que o Quarteto Fantástico jamais pensara em enfrentar; A própria Marvel Comics.

Hoje a Marvel fará um pronunciamento do retorno da equipe, com novidades no especial Fantastic Four World's Greatest Week em comemoração dos mais de 50 anos dos heróis.
Nesse especial você relembrará todos os grandes momentos da equipe, desde sua primeira aparição, até o dia de hoje, que estão prestes a ganhar um retorno triunfal na editora que finalmente decidiu trazer novamente alguns dos heróis mais importantes e queridos do Universo.

Origem
Criados por Stan Lee e desenhados por Jack Kirby, o Quarteto Fantástico teve sua estréia em Fantastic Four #1 em 1961, o que seria o início dos mais importantes heróis de toda a história. Nessa HQ, somos apresentados à Reed Richards, um brilhante cientista que está prestes a lançar o primeiro foguete que ultrapassaria os limites já conquistados pela humanidade, porém que estava perto de perder todo o orçamento de seu projeto por ser muito arriscado, o que o faz com que precise deixar sua ética de lado e infligir certas regras. Com a ajuda de sua companheira Sue Storm, seu irmão Johnny, e seu antigo colega de estudos que então se tornaria um piloto, Ben Grimm, Richards decide que seu projeto era muito importante para depender de corte de orçamento, então arriscando suas vidas a equipe sobe à bordo em missão de provar que a espaço nave seria um sucesso.

Assim que cruzada o limite da atmosfera, uma explosão de energia cósmica atinge a nave, ultrapassando o casco, e deformando/modificando o DNA da tripulação, que com muita dificuldade consegue retornar à Terra. Já à salvos novamente em solo, sobrevivendo à queda do módulo espacial, cada um nota que algo diferente está acontecendo com seus corpos. Ben Grimm percebe que sua pele está se criando uma camada extra de fragmentos terrosos, formando em seu tecido físico interior e exterior puro metal terroso espacial, bem semelhante ao da raça Kronan, do planeta Ria, enquanto Johnny percebe que as moléculas à sua volta ficam mais rápidas à ponto de criar calor suficiente de entrar em combustão porém não tocando sua pele que apenas se torna altamente resistente à temperaturas que ultrapassam à capacidade humana. Sue, que agora receberia os poderes de manipular a visibilidade de sua matéria, a tornando invisível, e Reed que adquiriu a fantástica capacidade de esticar seu corpo à tal ponto que se assemelha-se à borracha ou elástico.
Com a compreensão de que essas habilidades teriam um propósito maior, a equipe que acabara de descobrir seus dons, decidem que devem usa-los para fazer o bem, então escolhendo seus respectivos nomes como Tocha Humana, Garota Invisível, O Coisa e Homem Elástico, eles decidem que se chamariam de O Quarteto Fantástico, heróis geneticamente modificados que lutariam contra o mal em pró da humanidade.

Poderes , habilidades e características
Começando por Reed Richards, o Senhor Fantástico, o homem com um dos intelectos mais poderosos da Marvel Comics, sendo físico, químico, matemático, e possuidor doutorado em física e engenharia elétrica. Além de todo esse conhecimento, Reed tem a capacidade de se esticar à ponto de comprimir ou expandir sua massa, transformar seu corpo em construtos, e ser resistente à alguns ataques de força por conta da elasticidade, o tornando quase imune ao impacto.

E passando pela integrante mais poderosa da equipe, Susan Storm, ou Sue se preferir.
Mulher, combatente de corpo-a-corpo treinada pelo próprio Punho de Ferro, com Doutorado, mãe, e super poderosa, essa é a garota invisível, que logo após uns anos de sua primeira aparição, mudou seu nome para Mulher-Invisível, adquirindo uma posição e comportamento de uma super-heroína que impõe respeito apenas com o olhar.
Sue tem a capacidade de tornar à si própria e aos outros seres e objetos completamente invisíveis, controlar mentalmente a energia cósmica à sua volta criando campos de força e construtos poderosos em qualquer lugar e à qualquer momento, inclusive dentro de corpos. Essas habilidades se combinadas junto à sua estratégia de combate, à tornam tão perigosa se não mais que muitos heróis e vilões da Marvel.

Johnny Storm, muitas vezes imaturo, mas muitas vezes um grande herói. irmão de Sue e melhor amigo de Ben Grimm, o Tocha-Humana é um dos heróis mais poderosos da editora, com poderes de pirocinese, Johnny se não no controle de seus poderes, tem a capacidade de destruir todo o planeta se alcançar a super nova, que de acordo com Reed tem muitas vezes mais a capacidade destrutiva do Sol em nosso planeta, um poder que se escalado é pouco semelhante ao da Fênix, já que ambos tem origem cósmica e destrutiva.
E além de toda essa capacidade de destruição, Johnny é um dos melhores amigos do Homem-aranha, Flama, e homem de gelo, além de algumas vezes ator.
E por último porém nenhum pouco menos importante, O Coisa, ou melhor Ben Grimm. Piloto, amigo de longa data de Reed, e um dos melhores amigos de Johnny, que após a exposição com a nuvem cósmica, se tornou um ser com mais de 2 metros de altura quase totalmente revestido de rochas, com super força e uma incrível resistência física para ataques de energia, de força, e de ataques elementais, a ponto de sair na porrada com o Hulk e quase não sofrer danos, apesar de muitas vezes não ganhar do gigante esmeralda.
Ben é um grande super-herói, com um coração totalmente metafórico de pedra, que na verdade é mole e compreensivo, tornando um grande amigo, tio, irmão e marido.

Equipe
Ao longo de muitos anos, com muitos acontecimentos, a equipe foi mudando de integrantes diversas vezes, à ponto de receber mutantes, inumanos, heróis de rua, vingadores, uma Capitã Marvel, e uma namorada do Johnny que logo seria um arauto do próprio Galactus.
A equipe também já teve pontos altos e pontos muito baixos, como na Guerra Civil, em que a equipe se dividiu pelas escolhas feitas pelos integrantes. Enquanto Reed ficou do lado de Tony Stark com o pró-registro, Sue e Johnny ficaram com o Capitão América, enquanto Ben decidiu não se envolver indo para Paris.
Após esse evento, Reed e Sue decidiram que era hora de tentar recompor seu casamento, decidindo então passar um tempo sós, deixando o Pantera Negra e Ororo, a Tempestade dos X-Men junto com Johnny e Ben para serem O Novo Quarteto.
A equipe também já recebeu como integrantes, o Homem-Aranha, Wolverine, Motoqueiro Fantasma, Cristalys, Medusa, Luke Cage, Mulher-Hulk, entre outro, incluindo uma formação que teria o nome de Fundação Futuro, e contaria com Franklin Richards e Valéria Richards, os filhos de Sue e Reed Richards.

Vilões
A equipe por ser tão mista em alguns aspectos como integrantes, acabam recebendo vilões que eram até então respectivamente de outro heróis, como é o caso do Garra Sônica ou só Garra, inimigo declarado do Pantera Negra, que inclusive deu as caras no primeiro filme do herói feral.
E se falamos em inimigos relacionados aos Quatro Fantásticos, precisamos mencionar alguns como o Toupeira, primeiro vilão que surgiu na primeira HQ do grupo, que sempre com a companhia de seus servos Molóides trama planos de destruir a superfície, o Aniquilador, um ser de forma insectoide de outra dimensão tão poderoso que muitas vezes fez o quarteto desejar aposentadoria ao enfrenta-lo, o colossal ser cósmico Galactus, que dispensa apresentações por carregar uma história de devastação e fome por onde passa, e o Arqui-inimigo de todo o universo Marvel, e principalmente dos 4, Victor Von Doom, o Doutor Destino, que talvez seja antagonista supremo, tão poderoso que já modelou o universo Marvel por completo, socou o Galactus e saiu ileso, destruiu o ciclope revestido com a entidade Fênix enquanto ainda lutava com Thanos, Doutor Estranho, e muitos outros heróis poderosos do Universo Marvel.


Além dos mencionados, sempre há alguns que vêm para causar algum tipo de turbulência, como os poderosos Skrulls, que em uma missão de acabar com o grupo, desenvolveu o Super Skrull, uma forma avançada da raça que possuía os poderes de todos os integrantes, sendo elasticidade, invisibilidade e campo de força, capacidade pirocinética, além de resistência e forma de pedra, e outros vilões como Diablo, um alquimista elemental centenário que em busca de poder sempre acaba detido pelo senhor fantástico, com diálogos interessantes sobre ciência e magia.

Através das dimensões
Nos anos 2000, tivemos um renascimento da equipe no universo Ultimate, um universo que chegou a ser regular na editora, mas que acabou em 2015 com Guerras Secretas 2. Nesse meio tempo tivemos uma evolução enorme dos personagens do grupo e em especial ao Sr. Fantástico, que passa de um super herói gênio para a ser um super vilão que acabou tramando para o Universo inteiro, ocasionando em diversas sagas até em outros universos, sendo um dos possíveis maiores vilões da última década da editora.
As consequências desta mudança de personalidade foi vista pela última vez em 2015, quando esse Reed Ultimate já era chamado de O Criador, e se encontrava junto de Thanos, Próxima Meia-Noite, Corvus Glaive, Terrax, Maximus e Cisne Negro do universo 616, o universo regular, em uma missão de sobrevivência da incursão, um evento que ocasionaria no fim dos universos Marvel, até então.


Nessa história podemos ver até então vilão, Doutor destino reconstruindo o universo inteiro à sua imagem, tornando a mulher invisível sua esposa e Franklin e Valéria Richards, seus filhos, fazendo com que O Criador e Senhor Fantástico trabalhem juntos para que essa realidade volte ao que era, mesmo que essa parceria durasse pouco.
Essa saga foi o fim do Quarteto Fantástico como conhecíamos até então, depois deste evento Reed, Sue e seus filhos desaparecem enquanto mapeavam o novo universo, e Johnny e Ben ficam na Terra, no qual se envolvem com outros grupos, como os Inumanos, no qual Johnny lutaria futuramente ao lado em Inumanos vs X-Men.

Conceito e Conquista

A primeira vista vemos apenas uma equipe de super heróis como qualquer outra, mas se pararmos para avaliar toda a história do Quarteto, podemos concluir que o conceito de fazer uma super família é conquistada com exito. Temos aqui uma esposa que à principio parece ser o ideal americano dos anos 60 que com o passar dos anos se mostrou uma mulher forte e poderosa em todos os sentidos, e com isso ainda o carrega o fardo de ser quase como a única mulher da família, mãe e irmã mais velha de alguém. Alguém que por sinal é imaturo mas que tem um bom coração, e apesar de tudo sempre presente e que nunca tem um tempo ruim.

Enquanto isso temos um pai e marido que tenta conciliar o tempo de trabalho, salvar o mundo e chegar a tempo de dar boa noite aos seus filhos. E como esquecer de quem talvez tenha mais à ensinar aos leitores, do que Ben Grimm, um amigo, tio, marido e super-herói, que mesmo com sua deficiência e mal olhado da sociedade ainda consegue ter um interior sensível e amigável.

Se tirarmos as palavras poderes e super-heróis da frase, veremos que são alguns dos personagens que mais se aproximam da realidade, pelo fato de que essa família tem problemas e isso está gravado em diversos arcos, sejam por problemas conjugais, emocionais, trabalhos, entre outros, e mesmo assim, conseguem ser exatamente o que se propõem a ser, pessoas super poderosas, com problemas super normais.

Outras Mídias
Desde sua primeira aparição nos quadrinhos, o Quarteto Fantástico já teve diversos tipos de mídias, algumas não lançadas como é o caso do filme dos anos 80, mas nessa lista apenas serão apresentadas as lançadas oficialmente.

Começando no ano de 1967, com o Quatro Fantásticos produzido pela Hanna-Barbera, que em 1978 mudou a formação da equipe em sua nova animação pela DePatie-Freleng que contaria com o robô H.E.R.B.I.E no lugar do Tocha Humana.
Entre os anos 90, mais necessariamente 1994-1996, a Marvel Productions obteve novamente os direitos do grupo, produzindo-os dentro do The Marvel Action Hour, que contava o arco inspirado em Guerras Secretas, com algumas participações do Homem-Aranha.


Em 2005 tivemos o primeiro teste de filme da equipe após a revolução heroica que havia acontecido com X-Men e Homem- Aranha, porém esse teste divide opiniões até os dias de hoje, sendo a maioria negativa. Com o longa produzido pela 20th Century Fox e fazendo dinheiro, a Marvel Television não perdeu tempo e produziu no ano seguinte a animação Fantastic Four: World's Greatest Heroes, produzida por uma equipe francesa de animações, transmitida no Brasil pela Cartoon Network.


Logo em 2007 a sequência do longa de 2005, foi lançada, e dessa vez abordou a vinda de Galactus à Terra, e introduzindo o Surfista Prateado como aliado. Essa continuação tinha tudo para ser um sucesso, mas o roteiro deixou muito a desejar, junto com a péssima escolha de design, como o próprio Galactus, sendo totalmente transformado em uma nuvem gigantesca de poeira cósmica devoradora de mundos.


Anos se passaram e o Quarteto ficou esquecido pela Marvel e pelo cinema, e em 2013 perto dos acordos da Fox serem desfeitos, foi anunciado que a equipe ganharia um reboot no cinema, com novos atores e novas histórias, porém velhos defeitos. O longa que chegou em 2015 não agradou nem ao público nem à crítica, se tornando um dos piores filmes do ano e para alguns da década. A produção teve diversas polêmicas como problemas entre atores e diretor, troca de direção, e roteiro inconsistente que mudava à cada momento. A Marvel vendo que os direitos estavam sendo usados apenas para lucro e sem respeito à obra e o que ela representa, resolveu cancelar todos os títulos relacionados ao grupo, dando início à um boicote pelos direitos autorais cinematográficos pertencentes à Fox.

GAMES

E por falar em mídias, não podemos esquecer dos jogos, que desde 1997 contam com a equipe. Já foram lançados games de todos os tipos, mas apenas nos anos 2000 a equipe conseguiu ter um entretenimento de plataforma realmente interessante com Fantastic Four: The game, jogo lançado para PlayStation 2, Game Cube, Xbox e GBA, bem parecido com X-Men Legends e Legends: Rise of Apocalypse.
Em 2007 Fantastic 4 Rise of Silver Surfer, foi a continuação do sucesso do primeiro jogo, tendo dessa vez mais plataformas sendo elas PC, PS2, PS3 XBOX 360, WII.

Poucos meses depois de Rise of Silver Surfer, a Marvel lança Marvel Ultimate Alliance, sucesso também de jogabilidade e crítica que teve uma continuação em 2009, em que ambas tiveram participação de todos os heróis da equipe, também presentes em Lego Marvel Super Heroes de 2011 e Marvel vs Capcom 3 também de 2011.


Apesar de após 2015, a equipe ter sido boicotada pela própria criadora, agora em 2019 com a conquista dos direitos cinematográficos a Marvel decidiu acabar com essa exclusão e incorporar o Quarteto Fantástico nos recentes jogos Mobile, como é o caso de Marvel Puzzle Quest e os Marvel Contest of Champions e Marvel Future Fight que ganharão hoje, no dia 8 de Janeiro atualizações que trarão o grupo para as telinhas de celulares.

Então, tá com saudades das aventuras do Quarteto, quais suas expectativas para o novo recomeço da família heroica que começa hoje?