Marvel Studios fez o seu aguardado painel na San Diego Comic-Con no último sábado (20), e além de prestarem uma homenagem a tudo se passou nos últimos 10 anos até a chegada de Vingadores: Ultimato (que tinha se tornado a maior bilheteria da história no dia exato do painel), eles acabaram mostrando o calendário oficial da Fase 4 do MCU, que será contado em projetos adaptados não só para o cinema, mas também nas séries de TV do Disney+. Confira todos os futuros projetos do estúdio e algumas curiosidades e teorias sobre o que está por vir no futuro da Marvel nos próximos anos.

VIÚVA NEGRA (MAIO DE 2020)

Um dos primeiros filmes da nova fase da Marvel é Viúva Negra, que chegará nos cinemas em 1º de 2020, com direção de Cate Shortland (Lore) e roteiro de Jac Schaeffer. Poucas informações foram sobre o filme foram divulgadas desde o seu anúncio, mas o painel nos entregou uma série de novidades sobre o elenco e o possível enredo do filme.

O ELENCO

Além do retorno de Scarlett Johansonn como a protagonista título do filme, o filme tem um elenco estrelado por David Harbour (Stranger Things) como Aleksei, Rachel Weisz (A Múmia) como MelinaFlorence Pugh (Midsommar) como Yelena O-T Fagbenle (The Handmaid's Tale) como Mason

Alguns dos personagens do filme trazem referências a possíveis figuras conhecidas dos quadrinhos da Marvel. Um dos exemplos está no personagem de David Harbour, cujo nome pode ser uma referência ao Guardião Vermelho (vilão da Marvel que tem como identidade secreta Aleksei Shostakov), um agente da KGB que tem um histórico no passado da Viúva Negra nos quadrinhos. A personagem de Rachel Weisz é uma referência a Melina Vostokoff, também conhecida como Dama de Ferro, uma ex-agente do governo russo que acaba se tornando uma mercenária e a maior inimiga da Viúva Negra nos quadrinhos. A personagem de Florence Pugh já tinha sido confirmada como Yelena Belova, uma agente russa que já foi tanto uma aliada como uma vilã para Romanoff (e que já chegou a assumir o manto de Viúva Negra), mas que no filme será retratada como uma irmã para Natasha. O personagem de O-T Fagbenle é o único que não aparenta ter sido feito especialmente para o filme.

DETALHES SOBRE A TRAMA

Além do anúncio do elenco completo, algumas cenas do longa também foram reveladas ao público do Hall H mas não foram divulgadas online. Confira a descrição abaixo:

O vídeo começa com a paisagem da cidade de Budapeste (cidade bastante citada no MCU quando se trata do passado da Viúva Negra com o Gavião Arqueiro). A fotografia é um dos destaques da prévia, com algo bem diferente das outras produções da Marvel. Natasha entra armada em um apartamento procurando por Yelena. A partir do momento em que as duas se encontram, elas iniciam uma luta começam uma luta cuja sequência de ação tem bastante foco no embate corpo a corpo, usando objetos de cena e indo ao combate no chão de forma bastante intensa, lembrando algumas cenas de Capitão América 2 - Soldado Invernal. Ao final da luta, Yelena e Natasha saem para tomar vodka. 

Logo em seguida somos apresentados a várias cenas rápidas de ação rápidas em um ambiente urbano. No final do vídeo, Natasha aparece numa ponte que acontece um acidente de carro. Dali surge uma figura mascarada e com escudo vermelho com um símbolo russo que aparece em outros trechos da cena, o que pode confirmar a presença do vilão Treinador no filme.

Natasha está usando um traje igual ao de outras espiãs na cena (incluindo Menila), deixando claro que foi treinada para tudo o que está fazendo. Em certo momento, ela diz que tem habilidades muito específicas e o trailer termina.

Pelo que foi visto no vídeo do painel, fica claro que o foco do longa será na relação de irmandade entre Natasha e Yelena junto a vilã Melina, que pode ter um papel de aliada ao Treinador no longa (ou sendo ela mesma uma versão feminina do personagem nesse novo universo). Em relação ao tempo onde o filme se encontra, foi revelado que o filme se passará logo após os eventos de Capitão América - Guerra Civil, e isso pode servir para explorar uma aventura paralela da heroína após sua fuga no final do terceiro filme do Primeiro Vingador, e durante a trama seriamos apresentados ao pequeno universo do passado de Natasha, mostrando um pouco mais o começo de carreira da Viúva Negra na KGB e podendo deixar uma pista do que pode vir no MCU em algum dos novos personagens apresentados no longa (principalmente quando se trata da introdução de Yelena Belova no filme).

Como o primeiro filme da Fase 4 chegará no primeiro semestre do ano que vem, Viúva Negra ainda é um mistério no universo Marvel, mas que ainda assim conseguiu empolgar todos os fãs em seu painel, e pode conquistar muitos fãs até o seu lançamento.

FALCÃO E O SOLDADO INVERNAL (DISNEY+, OUTONO DE 2020)

Logo em seguida, Sebastian Stan Anthony Mackie subiram no palco para comentarem a respeito de Falcão e o Soldado Invernal, a primeira série do Marvel Studios no serviço de streaming da Disney (Disney+) que terá ligação direta com as consequências do universo dos filmes da Saga do Infinito e tem previsão de estreia para o outono de 2020 (entre setembro e dezembro do ano que vem), tendo direção de Kari Skogland (The Handmaid's Tale) e roteiro de Derek Kolstad (John Wick).

EXPECTATIVAS

Durante o painel, Kevin Feige (presidente do Marvel Studios) comentou que a minissérie tem a intenção de mostrar as consequências da aposentadoria de Steve Rogers na vida de Bucky Barnes (Stan) e Sam Wilson (Mackie), aprofundando ainda mais nas características desses personagens, principalmente com Sam se tornando o novo Capitão América. Sebastian Stan comentou sobre o que gostaria de ver na nova série dos heróis:

Quero explorar o Falcão como personagem. Ver que tipo de homem ele é, e descobriremos isso durante o show. 

 

O NOVO TRAJE DO CAPITÃO

Um pouco antes do painel, Mackie comentou em uma entrevista que já fez a primeira prova de roupa com o seu novo traje de Capitão América e que achou tudo muito bonito, mas ainda não sabe como vai fazer para por as asas e o escudo juntos no traje.

TEASER E O RETORNO DE ZEMO

Logo após os atores comentarem um pouco sobre a série, foi revelado um vídeo surpreendente no painel mostrando o retorno do Barão Zemo (Daniel Brühl) como o principal vilão da primeira temporada do show, e para deixar os fãs ainda mais entusiasmados, foi revelado que o personagem utilizará o visual clássico dos quadrinhos, com o seu famoso gorro roxo.

Zemo já fez parte do MCU como vilão de Capitão América - Guerra Civil, e sua entrada na série da dupla de aliados do antigo Capitão América faz todo sentido, pois o vilão tem uma forte capacidade de persuasão quando foi visto que o Soldado Invernal já foi controlado por Zemo no terceiro filme do Capitão, e um inimigo desse tipo pode colocar os personagens principais em um embate pessoal durante os seis episódios da minissérie, além de poder introduzir um grupo de super vilões nesse universo (como os Mestres do Terror, grupo de vilões que Zemo era líder). Após a decepção que muitos fãs tiveram com o personagem nos cinemas, essa pode ser a sua redenção na TV. 

Falcão e o Soldado Invernal  aparenta ter bastante ligação com o passado da Marvel e tem potencial de sobra para se conectar e expandir o universo da Marvel em ambas as mídias (Cinema e TV), dando diversas possibilidades sobre como a trama pode se desenrolar no passado e futuro.

OS ETERNOS (NOVEMBRO DE 2020)

Uma das novidades confirmadas no painel da Comic-Con foi Os Eternos, a nova super equipe para a nova fase da Marvel, que chegará nos cinemas em 6 de novembro de 2020 e terá direção de Chloé Zhao (Domando o Destino) e roteiro de Ryan e Matthew Firpo.

O ELENCO

Além da data de estreia, o elenco de protagonistas do filme foi anunciado no painel, confirmando alguns rumores e acrescentando novos nomes ao elenco, como Angelina Jolie sendo AthenaRichard Madden como Ikaris, Kumail Nanjiani como Kingo, Lauren Ridloff como Makkari (a primeira personagem surda do MCU), Brian Tyree Henry como Phastos, Salma Hayek como Ajak, Lia McHugh como Sprite e Don Lee como Gilgamesh.

QUEM SÃO OS ETERNOS?

Criados nos quadrinhos por Jack Kirby em 1976, Os Eternos são seres cósmicos do Universo da Marvel criados pelos Celestiais, e esses personagens nos quadrinhos acabam representando alguns dos habitantes mais antigos e milenares da história. No início dos tempos, os Celestiais criaram duas raças: Deviantes e Eternos. De um lado, Os Eternos se destacavam como um grupo com poderes divinos e de forma quase humana, enquanto isso, Os Deviantes representavam o pior da vida, assumindo a forma de monstros grotescos, e isso acabou gerando uma inveja da raça com os Eternos, que se tornaram a raça favorita dos Celestiais, causando inveja na raça Deviante. Deste então, foi dada aos Eternos a missão de proteger o universo das terríveis atrocidades dos Desviantes.

ELEMENTOS JÁ VISTOS NO MCU

Imagem relacionada

Com a chegada desses personagens ao cinema, a Marvel dá mais um passo para expandir o universo cósmico, o que já era uma ideia estabelecida pelos produtores a muito tempo. Personagens como os Celestiais já haviam sido estabelecidos nos cinemas em Guardiões da Galáxia durante a apresentação das Joias do Infinito em Lugar Nenhum (que é um Ceslestial nos quadrinhos) e em Guardiões da Galáxia Vol. 2, onde Ego, o pai do Senhor das Estrelasfoi descrito como um Celestial, dando mais um passo para a introdução desses seres, mas eles não foram os únicos. Thanos, o maior vilão do Universo Marvel, está fortemente relacionado ao universo dos Eternos, já que nos quadrinhos o personagem é classificado como um Deviante desde o seu nascimento graças a uma doença, mas esse fato nunca foi dado como concreto nos cinemas.

Os Eternos estão sendo cogitados para ser um grande filme épico para o Marvel Studios, sendo visualmente inspirados nos traços de Kirby, e segundo algumas informações divulgadas, esses novos personagens podem são descritos como deuses entre nós, envolvidos numa trama que possa mostrar o início de toda mitologia do MCU, e o vasto histórico desses personagens podem servir como o ponta pé inicial para a próxima grande ameaça da nova fase desse universo nos cinemas.

SHANG-CHI E A LENDA DOS DEZ ANÉIS (FEVEREIRO DE 2021)

Outro anúncio que foi confirmado no painel da Comic-Con foi sobre Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, que chegará nos cinemas em 12 de fevereiro de 2021 com direção de Destin Daniel Cretton (Castelo de Vidro) e roteiro de Dave Callaham Steve Englehart. E para um filme que não parecia chamar tanta atenção do público durante os rumores iniciais, seu anúncio acabou surpreendendo a todos ao mostrar que o filme faz referência a um dos episódios mais improváveis do MCU: Homem de Ferro 3!

O ELENCO

Em relação ao elenco do mais novo filme da Marvel, o estúdio decidiu chamar alguns nomes poucos conhecidos do público americano, mas trazendo grandes nomes do mercado asiático para a sua produção. Nomes como Simu Liu (Orphan Black) no papel do protagonista título do filme, Akwafina (Podres de Ricos) em um papel misterioso na trama e o ator Tony Leung (Amor à Flor da Pele) como o verdadeiro Mandarim.

QUEM É SHANG-CHI?

Criado por Steve Englehart e Jim Starlin e inspirado em Bruce LeeShang-Chi tem duas versões nos quadrinhos. Na primeira versão de 1973, o personagem foi um jovem treinado em artes marciais e outras técnicas de luta para ser uma arma viva a serviço do seu pai, o ardiloso vilão Fu-Manchu. E logo após descobrir as atrocidades de seu pai, ele forjou sua morte e planejou uma maneira de como acabar com os planos malignos de seu pai, que agora se tornou seu arqui-inimigo.

Na segunda versão criada em 2015, o personagem era considerado o melhor estudante de artes marciais de K'un Lun (terra de criação do Punho de Ferro) que acabou se tornando um bêbado esquecido nas ruas de Nova York. E mesmo se tornando um párea no começo de sua jornada, Shang-Chi nunca desistiu do seu espírito de lutador e, junto com outros lutadores, encontrou forças para ir contra o seu próprio pai, o malvado Imperador Zu.

Entre as habilidades do personagem, a maior especialidade dele é o controle de seu chi, o que permite que o personagem adquira força, velocidade e precisão no nível sobre humano, além de um domínio do sistema nervoso, fazendo dele resistente a ferimentos, dores e até venenos. Contendo esse currículo belíssimo de habilidades, o personagem já fez parte dos Heróis de Aluguel e até mesmo dos Vingadores, e também treinou o Homem-Aranha numa época em que o personagem perdeu parte de seus poderes, ajudando o teioso a criar um próprio estilo de luta baseado no movimento das aranhas.

O RETORNO DO MANDARIM AO UNIVERSO MARVEL

Uma das maiores surpresas no anúncio de Shang-Chi foi descobrir que o Mandarim apareceria no longa do Mestre do Kung-Fu. O vilão já citado nos cinemas pela primeira vez em 2008 de forma discreta no primeiro Homem de Ferro, sendo parte da organização terrorista que sequestra Tony Stark no primeiro filme, e  fazendo uma péssima participação em Homem de Ferro 3, mas agora seremos apresentados a verdadeira versão do líder da Irmandade dos Dez Anéis (confirmando informações do curta-metragem Todos Saúdem o Rei, de Homem de Ferro 3) nos cinemas.

Com a chegada do Mandarim ao filme sendo interpretado por Tony Leung, o vilão deve assumir o papel de figura paterna para o novo herói do MCU, substituindo o papel de Fu Manchu na trama, que é considerado um personagem polêmico nos quadrinhos por se tratar de um estereótipo asiático bastante ofensivo.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis chega ao universo Marvel como o primeiro filme com um protagonista asiático que pode trazer redenção a um vilão injustiçado da casa das ideias e também pode acabar abrindo uma porta de entrada para que uma nova (e melhor) versão do Punho de Ferro possa aparecer nesse universo, além de poder ajudar outros heróis urbanos como os exilados da Netflix a migrarem para os cinemas na Fase 4.

WANDAVISION (DISNEY+, PRIMAVERA DE 2021)

Outra grande novidade apresentada no painel da Comic-Con foi WandaVision, nova série encomendada para o serviço de streaming da Disney em parceria com a Marvel. Durante o painel, Elizabeth Olsen (Feiticeira Escarlate) e Paul Bettany (Visão) subiram no palco para comentar um pouco sobre a minissérie do casal do MCU, que tem previsão de estreia para a primavera de 2021 (entre março e maio de 2021) e trouxe algumas novidades sobre a trama e algumas surpresas do elenco.

EXPECTATIVAS

Durante a apresentação do painel, Kevin Feige disse que o seriado tem potencial para ser diferente de tudo que já foi visto no MCU. Logo em seguida, Elizabeth Olsen (Feiticeira Escarlate) e Paul Bettany (Visão) subiram no palco para comentar a respeito do que está por vir no seriado.

Logo quando chegou no palco, Olsen comentou a respeito de poder explorar Wanda Maximoff de maneira mais profunda agora que a personagem ganhou uma série no Dieney+, explorando ainda mais os poderes da personagem:

Nós vamos nos divertir bastante. O show vai ser estranho. Vamos nos aprofundar. Vamos ter muitas surpresas, e vamos finalmente entender Wanda Maximoff como a Feiticeira Escarlate.

Foi dito no painel que a trama se passará logo após Vingadores: Ultimato, e ao ser questionado sobre como o Visão retornaria após sua morte em Vingadores: Guerra Infinita, Paul Bettany disse que não fazia a menor ideia de como tudo iria se desenrolar já que o seu personagem estava morto a tanto tempo, mas ele disse que cada nova ideia que os roteiristas mostram vai se enriquecendo a cada nova reunião de roteiro, podendo mostrar a melhor história possível. 

SUPRESAS E PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

Uma das revelações do painel foi que a série não terá conexão apenas com os filmes da fase 4, pois uma personagem importante de um dos últimos filmes da Fase 3 terá um importante envolvimento na trama, e então foi anunciado que Monica Rambeau, personagem apresentada em Capitã Marvel, estará presente no seriado em sua versão adulta, sendo interpretada pela atriz Teyonah Parris (Mad Man), e a atriz apareceu no palco super entusiasmada com a oportunidade de estar no universo Marvel. Nos quadrinhos, Monica já assumiu o manto de Capitã Marvel muito antes de Carol Danvers, e hoje em dia a personagem assume o codinome de Photon. A personagem nunca teve relação tão profunda com a Feiticeira Escarlate ou com o Visão nos quadrinhos, então a presença dela no show abre um leque de possibilidades.  

WandaVision é uma das produções mais misteriosas da Marvel no streaming até então, pois nenhum detalhe da trama do seriado foi divulgado , e diversos rumores apontam que o show possa adaptar o famoso arco recente dos quadrinhos do Visão escritos por Tom King, mostrando o personagem criando uma família no subúrbio de Nova York e tentando viver uma vida simples e sem poderes, mas outros rumores apontam que o show possa introduzir a Magia do Caos e mostrar Wanda descobrindo mais sobre os seus poderes e conhecendo as outras realidades que a cercam, e a questão de novas realidades serve de conexão para um outro grande projeto da Marvel que une cinema e TV...

DOUTOR ESTRANHO NO MULTIVERSO DA LOUCURA (MAIO DE 2021)

SIM! O multiverso não foi só uma piada jogada em Homem-Aranha: Longe de Casa, ele estará presente na fase 4 no filme de um dos heróis mais amados recentemente pelos fãs em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, que chegará nos cinemas em 7 de maio de 2021 e terá direção e roteiro de Scott Derrickson (que também escreveu e dirigiu o primeiro filme do Doutor Estranho) e trará Benedict Cumberbatch de volta como o Mago Supremo da Marvel nesse que será um dos filmes mais sinistros do MCU.

O PRIMEIRO FILME DE TERROR DA MARVEL

Logo que subiu ao palco, Derrickson disse que o motivo que o faz gostar tanto do Doutor Estranho é que ele não enfrenta vilões dessa dimensão, mas sim do vasto multiverso, e que quando ele foi conversar com Kevin Feige a respeito da sequência do longa, ele comentou que não gostaria de fazer "apenas mais uma sequência" na Marvel, pois ele gostaria de aprofundar ainda mais na mitologia do Doutor Estranho, com uma pegada mais gótica e aterrorizante, fazendo desse filme o primeiro longa de terror do MCU. Enquanto a plateia celebrava no Hall H, um fã gritou pedindo que o filme tivesse classificação R (que no Brasil é o equivalente para +18 anos), mas Feige disse que o filme terá classificação PG-13 (o equivalente a +14 anos no Brasil).

Logo após o anúncio, Benedict Cumberbatch deu as caras no auditório do Hall H justamente no dia de seu aniversário, recebendo os parabéns de  todo o público em um coro maravilhoso, e logo em seguida, o ator comentou que voltar ao papel de Stephen Strange logo após sua jornada contra Thanos e partir diretamente para um filme de terror vai mostrar uma versão ainda mais amadurecida do Doutor Estranho nos cinemas, e isso é algo que ele está muito ansioso de interpretar nos próximos anos.

SURPRESAS E CONEXÕES

No momento em que Cumberbatch falava sobre suas expectativas em relação ao Doutor Estranho no MCU, Kevin Feige comentou que quando se tem um mago tão poderoso é sempre bom ter uma feiticeira tão poderosa quanto, e a partir desse gancho, foi anunciado que a Feiticeira Escarlate estará participando desse novo filme como uma aliada do Mago Supremo, e que os eventos que acontecerão na série WandaVision terão conexão direta com o novo filme do Doutor Estranho, sendo a primeira série do Marvel Studios que terá uma história conectada com um filme do casa das ideias.

Logo após o encerramento da Saga do Infinito, a Marvel ainda não está pronta para apostar suas fichas em uma nova grande saga sem antes preparar o terreno para esse momento, então é possível que Doutor Estranho no Multiverso da Loucura e WandaVision sejam as principais apostas dessa nova fase, levando em consideração que os dois projetos estão marcados para um período próximo em 2021, eles podem ser os primeiros experimentos para que alguns arcos dos quadrinhos possam ganhar adaptações em menor escala quem serão explorados no restante da fase 4 ou até mesmo na Fase 5. Adaptar o multiverso é uma tarefa complexa o bastante para ser explicada em um único filme, mas ela também se torna importante demais para ser usada em uma série de streaming. Talvez a união desses dois projetos possa culminar na solução desse grande problema de adaptação.

LOKI (DISNEY+, PRIMAVERA DE 2021)

Mais uma série confirmada para o Disney+, Loki  oficializada no calendário da fase 4 para chegar na primavera de 2021 (entre março e maio de 2021), e trará Tom Hiddleston de volta no papel do deus da trapaça. 

EXPECTATIVAS

Durante o anúncio, Kevin Feige empolgou ainda mais os fãs ao confirmar que a trama do seriado se passará logo após os acontecimentos de Vingadores: Ultimato, mostrando o filho bastardo de Odin viajando por diferentes universos após sumir com o Tesseract (Joia do Espaço) na viagem do tempo de 2012, e isso acabou oficializando a teoria que os fãs tinham desde o lançamento de Ultimato.

Logo após essa revelação, o próprio Tom Hiddleston subiu no palco e foi ovacionado por todo o Hall H. Depois de sua entrada, foi perguntado a ele se o Loki que aparecerá no show do Disney+ seria o mesmo que o público viu evoluindo ao longo dos filmes do MCU, e Hiddleston respondeu que veremos a versão apresentada ainda no primeiro filmes dos Vingadores, com um personagem que acabou de ser esmagado pelo Hulk e que passará por novos desafios que não podem ser divulgados até o momento.

Loki foi a primeira série do Marvel Studios anunciada pelo Disney+, e a expectativa é que tenhamos um programa que possa expandir ainda mais o que já foi visto no MCU, podendo apresentar algo de acordo com o ponto de vista do deus da trapaça, conseguindo dar um novo rumo a esse personagem perdido no tempo e brincando com as diversas realidades que Ultimato deixou em aberto. Mas quando se trata de brincar com múltiplas realidades, não é só o seriado do Loki que tem o intuito de trabalhar com isso...

WHAT IF...? (DISNEY+, VERÃO DE 2021)

Outro projeto da Marvel anunciado para o Disney+ é What If...? (ou E se...? em tradução livre),  primeira série animada produzida pelo estúdio que tem previsão de estreia para o verão de 2021 (entre junho e agosto de 2021) e também pretende relatar diferentes realidades.

MAS O QUE É WHAT IF...?

Criada na década de 70, a trama buscava pegar as histórias mais populares presentes nos quadrinhos da Marvel e conta-las com diferentes formas narrativas, sem alterar a continuidade dos quadrinhos titulares dali em diante. Alguns dos exemplos que podem ser citados dessas histórias são: E Se Flash Thompson fosse o Homem-Aranha?, E Se o Quarteto Fantástico não tivesse ganhado seus poderes? E Se o Doutor Estranho fosse um discípulo do Dormammu?

ELENCO E EXPECTATIVAS

Não querendo adaptar grandes arcos dos quadrinhos nesse momento, Feige disse que a primeira temporada vem com a premissa de explorar realidades alternativas presentes nos 23 filmes da Saga do Infinito, adicionando algumas reviravoltas interessantes e jogando ideias que antes foram descartadas dos roteiros de seus filmes, e uma das primeiras ideias do seriado é mostrar como seria se a Agente Carter tivesse tomado o soro do super soldado no lugar de Steve Rogers.

Logo em seguida, foi anunciado que grande parte dos astros dos filmes do MCU emprestarão suas vozes para interpretarem seus respectivos personagens em diferentes situações. No total, 25 atores retornarão para o seriado, sendo eles: Michaek B. Jordan (Killmonger), Sebastian Stan (Bucky Barnes / Soldado Invernal), Josh Brolin (Thanos), Mark Ruffalo (Bruce Banner / Hulk), Tom Hiddleston (Loki), Samuel L. Jackson (Nick Fury), Chris Hemsworth (Thor), Hayley Atwell (Peggy Carter), Chadwick Boseman (T'challa / Pantera Negra), Karren Gillan (Nebulosa), Jeremy Renner (Clint barton / Gavião Arqueiro), Paul Rudd (Scott Lang / Homem-Formiga), Michael Douglas (Hank Pym), Neal McDonough (Dum Dum Dugan), Dominic Cooper (Howard Stark), Sean Gunn (Kraglin), Natalie Portman (Jane Foster), David Dastmalchian (Kurt), Stanley Tucci (Dr. Abraham Erskine), Taila Waititi (Korg), Toby Jones (Armin Zola), Djimon Hounsou (Kourath), Jeff Gouldblum (Grão-Mestre), Michael Rooker (Yondu) e Chris Sullivan (Taserface).

Todos esses personagens aparecerão e terão suas histórias narradas pelo Vigia, que será interpretado por Jeffrey Wright (Westworld). Durante sua aparição no painel, Wright disse que seu personagem está observando todo o multiverso por milhares de anos, e que sua função na trama é apenas de comentar (e quem sabe interferir?) nos pequenos detalhes da narrativa. Vale ressaltar que o Vigia fez sua primeira aparição nos quadrinhos do Quarteto Fantástico em 1963, e também já apareceu nos cinemas rapidamente em Guardiões da Galáxia Vol.2.

A presença de What If...? na fase 4 reforça ainda mais o conceito do multiverso não só pela ideia de contar novas versões das grandes histórias do universo Marvel, mas também por introduzir um personagem tão importante como o Vigia, que pode abrir portas pra outros grandes seres do universo cósmico da editora nos cinemas, pois de agora em diante, todo e qualquer questionamento apresentado daqui em diante abrirá uma nova safra de possibilidades para o seriado.

GAVIÃO ARQUEIRO (DISNEY+, OUTONO DE 2021)

Mais um dos Vingadores originais vai dar as caras na fase 4, dessa vez com Gavião Arqueiro, mais uma  série do Disney+ com previsão de estreia para o outono de 2021 (entre setembro e novembro de 2021) que traz Jeremy Renner de volta na pele de Clint Barton e pode ser porta de entrada para novos heróis do MCU.

EXPECTATIVAS E SURPRESAS

Logo após seu anúncio oficial, foi exibido um pequeno teaser com a abertura do seriado, e o vídeo confirmou rumores de que Kate Bishop (a Gaviã Arqueira dos quadrinhos) fará sua primeira aparição no seriado, e mesmo não tendo uma atriz escalada, Jeremy Renner disse que o seriado mostrará Bishop como a melhor versão do Gavigod, indicando assim uma passagem de manto do personagem. Confira um trecho da abertura do seriado que foi divulgado no Instagram de Renner:

 

Segundo informações do próprio Kevin Feige, ainda veremos um pouco mais de Clint Barton como Ronin (codinome que o personagem assumiu em Ultimato), pois o arco do personagem ainda não está finalizado até a chegada de Bishop, o que pode remeter a uma adaptação de uma das histórias mais consagradas do personagem nos quadrinhos: Hawkeye, escrita por Matt Fritchman desde 2013, mostrando Barton como um vigilante da vizinhança ao mesmo tempo em que treina a jovem Kate para ser sua sucessora.

Gavião Arqueiro tem a possibilidade de não só entregar um fechamento de arco digno a um personagem pouco valorizado no Universo Marvel como também pode usar o papel de Kate Bishop para traçar o desenvolvimento de uma nova geração de heróis, pois a ideia de criar um time como os Jovens Vingadores neste universo está sendo especulada há bastante tempo entre os fãs e os produtores, e alguns momentos chave em Ultimato podem entregar isso em dois momentos importantes: o avanço na idade de Cassie Lang, filha do Homem-Formiga que agora está mais velha (sendo interpretada por Emma Fuhrmann); e o momento em que o próprio Clint está ensinando sua filha Lila Barton (Ava Russo) a usar seu arco e flecha, mas isso não quer dizer que o estúdio pretende colocar a figura da filha do Gavião no lugar de Kate Bishop, mas sim mostrar que o herói tem dentro de si o dom de ensinar e treinar alguém, e que isso pode ser melhor explorado mais a frente não só com uma jovem, mas com toda uma equipe. Dessa forma, o Gavião Arqueiro pode ser a ponte diretamente responsável por cultivar a próxima leva de Vingadores aos cinemas.

THOR: AMOR E TROVÃO (NOVEMBRO DE 2021)

Confirmado dias antes do início da Comic-Con, o quarto filme do deus do trovão foi anunciado oficialmente no Hall H, recebendo o título de Thor: Amor e Trovão e ganhando data de estreia para 5 de novembro de 2021, tendo direção e roteiro de Taika Waititi (que dirigiu o terceiro filme do herói, Thor: Ragnarok) e o retorno de Chris hemsworth (Thor) e Tessa Thompson (Valquíria), sendo o último filme da fase 4.

REVELAÇÕES E EXPECTATIVAS

Durante o painel, Taika, Chris e Tessa subiram ao palco para comentar sobre suas expectativas a respeito do filme.

Ao ser perguntado sobre como Thor estaria em relação ao seu estado e destino após sua participação em Vingadores: Ultimato, Hemsworth respondeu que não faz a mínima ideia sobre a nova jornada de seu personagem, mas Taika Waititi comentou logo em seguida que nenhum dos atores faz ideia do desenrolar da trama, pois apenas ele sabe de tudo que está presente no roteiro (já que o mesmo é creditado como o roteirista do novo longa). Logo em seguida, Tessa Thompson foi questionada sobre como a Valquíria estaria após ser nomeada como rainha da Nova Asgard, e então a atriz confirmou que sua personagem procura uma rainha para comandar Asgard ao seu lado, declarando que teremos uma personagem LGBTQ+ presente no MCU:

Como a nova 'rei', ela precisa achar sua rainha, então esta será sua prioridade. Ela tem algumas ideias, eu os manterei informados.

 Além dessa revelação, Thompson também comentou que Nova Asgard entra no MCU como um refúgio não só para os próprios Asgardianos, mas para qualquer cidadão que se sente como excluído em todo o universo.

Logo após todos esses comentários, o próprio diretor foi questionado se existia algum quadrinho que ele estaria usando como base para a nova história, e ao dizer que sim, Taika explicou que durante as gravações de Ragnarok ele vinha lendo as HQ's de A Poderosa Thor escritas por Jason Aaron em 2014, deixando os fãs animados para que logo em seguida ele anunciasse que a Thor mulher apareceria no quarto filme do deus do trovão, e ela seria interpretada por ninguém menos que Natalie Portman ,a Jane Foster dos dois primeiros filmes do herói na Marvel, levando os fãs a loucura no painel, e assim que a atriz apareceu no palco, o próprio diretor entregou a atriz o Mjölnir, famosa arma utilizada pelo filho de Odin nos quadrinhos.

QUEM É A PODEROSA THOR?

Logo após Thor ser considerado indigno de erguer seu martelo, a poderosa arma da mitologia nórdica escolheu a cientista Jane Foster para ser a portadora do poder de seu amado. Mas a personagem está passando por um momento difícil em sua vida após ser diagnosticada com câncer e passar por um forte tratamento na quimioterapia, e ser Thor a deixa cada vez mais próxima da morte.

Na história (que se envolve bastante nas questões reais sobre o câncer), as químicas presentes na quimioterapia são veneno para o corpo humano, destruindo as células cancerígenas, mas também devastam a saúde do enfermo. Ao portar o martelo mágico, Jane elimina todo veneno de seu corpo, não podendo curar seu câncer, pois a magia do martelo não é capaz de eliminar o câncer por ser uma doença que é parte do indivíduo.

A história da poderosa Thor nos quadrinhos é feita para mostrar não só uma aventura épica envolvendo deuses e heróis, mas também é utilizada para conhecermos ainda mais o lado humano de quem está por trás da máscara de forma intimista, o que chega a encantar o público por seu roteiro e por sua belíssima arte, evoluindo ainda mais o universo Thor.

A principal ideia que Thor: Amor e Trovão pode apresentar nos cinemas está em tentar contar uma história repleta de emoção e profundidade ao querer mostrar o filho de Odin se questionando tentando se encontrar em meio a sua nova jornada em busca de ser um herói melhor ao invés de um deus que renegou seu trono, e o retorno de Foster a vida do personagem pode acarretar ainda mais num desenvolvimento do lado humano de um personagem que veio crescendo ao longo dos anos no cinema.

OUTRAS SURPRESAS DO PAINEL

BLADE (SEM DATA DE LANÇAMENTO)

Logo após o preenchimento do calendário da fase 4, todo o elenco e diretores dos filmes e séries se reuniram para uma grande foto no painel, mas Kevin Feige trouxe mais uma surpresa para o evento ao chamar o ator duas vezes vencedor do Oscar Mahershala Ali (Moonlight), que chegou sendo ovacionado pela plateia e conseguiu receber mais aplausos ao trazer a notícia de que um novo Blade chegaria nos cinemas interpretado pelo ator, mas que o longa só chegará as telonas na Fase 5 da Marvel:

Esta é a Fase 4 completa, do mesmo modo que eu anunciei a Fase 3 completa há cinco anos. As coisas podem ser alteradas, podem mudar, do mesmo modo que aconteram, se você for ver o que foi anunciado há cinco anos para a Fase 3. Mas estamos trabalhando nisso há algum tempo e as coisas estão bem estabelecidas. Mas mudanças são possíveis

Durante uma entrevista ao Hollywood Reporter logo após o painel, Feige contou que recebeu uma ligação do ator um dia após a cerimônia do Oscar de 2017 para marcar uma reunião na qual o ator foi direto ao ponto e manifestou seu interesse em interpretar o Caçador de Vampiros:

É um sonho. É o tipo de escalação de elenco que você meio que quase não se atreve a sonhar de que seria possível. Mas tivemos algumas reuniões com ele e rapidamente decidimos fazer isso.

O presidente do Marvel Studios garantiu que Ali é um grande fã do personagem e do próprio MCU, e a escalação do ator para esse papel não só dá uma ideia do que pode estar por vir no futuro desse universo, mas também serve para mostrar que os acontecimentos das falecidas séries da Netflix  com a Marvel não influenciaram de nada nos filmes, pois o ator viveu o vilão Cottonmouth (Boca de Algodão) na primeira temporada de Luke Cage, descartando qualquer conexão entre esses dois universos.

Ainda sem trama revelada, o novo Blade não tem data de estreia definida, mas já está com bastante hype para os próximos anos.

ONDE ESTÃO OS VINGADORES?

 Muitos fãs começaram a sentir falta de um novo filme dos Vingadores presente no calendário da fase 4, mas em entrevista ao IGN , Feige disse que a nova fase do MCU não terá um filme dos Vingadores pois este é um momento de recomeços no universo compartilhado do estúdio após os grandes eventos ocorridos em Vingadores Guerra Infinita e Ultimato, trazendo assim um trabalho para novas histórias na casa das ideias do cinema e TV. 

ESQUECIDOS NO CHURRASCO

Logo no final do painel, o presidente do Marvel Studios falou que se esqueceu de falar a respeito das sequências de seus outros heróis como Capitã Marvel 2Pantera Negra 2 e Guardiões da Galáxia Vol.3, além de animar os fãs ao falar que ainda faltaram menções ao Quarteto Fantástico  e aos Mutantes na próxima fase. Mas além desses projetos, onde foi parar a sequência de Homem-Formiga e a Vespa? Para onde foi o Professor Hulk? Onde está o anúncio de Homem-Aranha 3?

Para aqueles que têm dúvida a respeito disso, calma! A Disney confirmou em seu site oficial que a Marvel Studios deve anunciar mais novidades na D23, convenção própria da empresa que acontece entre 23 e 25 de agosto.

UM NOVO TEMPO QUE COMEÇOU

Com três fases concluídas ao longo de 22 filmes que culminaram em Vingadores: Ultimato, o fechamento dos primeiros 10 anos do MCU nos mostraram o fim de uma era. A partir de agora, a fase 4 tem a proposta de trazer novos começos e nos ensinar coisas novas sobre personagens que já conhecemos (como a Viúva Negra); no fazendo conhecer novos heróis (como os Eternos e Shang-Chi); nos levando para embarcar em novas aventuras com o Doutor Estranho e Thor; e nos apresentando as séries do Disney+, que prometem ser espetaculares e inesperadas. O futuro da Marvel é digno, e os próximos dez anos do estúdio prometem bastante.