Inserir um personagem novo nos quadrinhos não é uma tarefa fácil, principalmente quando ele vem de um universo de heróis tão rico como o da DC Comics, e nos últimos anos a editora começou a investir em novos selos que pudessem expandir as histórias de seus personagens já aclamados para os mais variados públicos. E foi durante uma dessas tentativas de expandir suas histórias que surgiu Naomi, nova heroína da DC que ganhou bastante notoriedade nos quadrinhos (e que pode aparecer no live-action em breve).

WONDER COMICS

Antes de falarmos da história dessa personagem nos quadrinhos, é preciso saber como tudo começou. Então vamos fazer uma pequena viagem para o ano de 2018, quando a DC compareceu a New York Comic-Con apresentando sua nova parceria do autor Brian Michael Bendis (Demolidor e Dinastia M) chamada Wonder Comics, uma linha de histórias dedicadas ao público infanto-juvenil utilizando personagens como os Super-gêmeosJustiça Jovem e a própria Naomi (e Bendis seria o responsável pelo roteiro dessas duas últimas séries em quadrinhos).

Naomi foi a primeira personagem a aparecer nesse novo selo, pois ela estaria em breve entrando nas histórias da Justiça Jovem, e para ajudar a desenvolver essa jornada, Bendis contou com a ajuda do autor David Walker (autor de Luke Cage de 2017) e do desenhista Jamal Campbell (que desenhou o rebirth do Arqueiro Verde). E foi em 23 de janeiro de 2019 que a personagem teve sua primeira edição lançada.

A HISTÓRIA DE NAOMI

A história se inicia quando Superman e Mongul caem no noroeste do Pacífico por uma fração de segundo durante uma briga, e em paralelo a isso, acompanhamos a história de uma garota que está tentando chegar no local da briga para presenciar o momento, e essa garota é Naomi, que por azar do destino perdeu esse grande momento, mas é a partir dai que a história se desenrola para conhecermos um pouco mais dessa personagem.

Naomi é a filha adotiva de um adorável casal de sua cidade e sempre teve curiosidade de saber sua origem, mas nunca encontrou nenhuma resposta, por isso ela se considera uma pessoa única em sua cidade, sentindo-se diferente das outras pessoas. Até que certos mistérios são despertados na trama, e eles podem ser a chave para que a protagonista descubra algo sobre seu passado.

Em determinados momentos, a trama faz você imaginar que a origem da heroína é parecida com a de um outro personagem famoso da DC, mas o rumo no qual essa história toma nos conduz para um caminho totalmente diferente, surpreendendo o leitor com as descobertas que vão se apresentando, e surpreendendo ainda mais conforme a história prossegue, não sendo nada daquilo que se imaginava de início.

Os diálogos nessa história nos leva a crer que estamos convivendo lado a lado com uma adolescente americana, mas a trama também consegue trazer incríveis momentos de aventura e heroísmo, e todo o mérito dessa grande narrativa é garantido graças ao texto escrito por Bendis e Walker.

Naomi é uma personagem adolescente diferente de tudo o que já foi visto no universo dos quadrinhos da DC, e a combinação dessa incrível jornada junto a arte de Campbell foi o que conquistou um grande público durante o período de lançamento das histórias da heroína, e foi o que também levou a HQ a concorrer ao prêmio Eisner, o Oscar das histórias em quadrinhos.

Falar sobre o futuro da personagem ainda é incerto, mesmo com a boa recepção, mas Naomi possui um grande potencial e histórias que merecem ser mais aprofundadas no universo dos quadrinhos da DC. E se a editora ainda não dá continuidade as histórias da personagem nos quadrinhos, a TV se prepara para trazer adaptar a personagem.

NAOMI NA TV

Em dezembro de 2020 surgiram rumores de que a CW estaria planejando uma série de TV sobre a personagem dentro do seu multiverso de séries de heróis como The FlashSupergirlLegends of Tomorrow e a recente Superman and Lois, mas só no comecinho de fevereiro que a rede de televisão deu sinal verde para que um piloto da série fosse encomendado, e o projeto está sendo montado por Ava DuVernay, diretora conhecida pelo longa indicado ao Oscar Selma e que também está envolvida na produção do filme dos Novos Deuses pela DC.

Ainda não se sabe muito sobre o elenco, mas é de se esperar que a série seja bastante fiel ao material original e possa inovar nas histórias do gênero.