Já temos a parte 1 dessa lista, você confere aqui! Mas como nós adoramos um bom romance, separamos mais alguns títulos que podem te inspirar a amar um pouco mais. Lembrando que a maioria desses filmes estão disponíveis na Netflix. Dito isto, Sim, Bora!

Como se fosse a primeira vez

A história desse filme é um clichê muito fofo. A premissa do longa é bem simples. Henry Roth (Adam Sandler) é um veterinário paquerador, que vive no Havaí e é famoso pelo grande número de turistas que já ficou. Seu novo alvo é Lucy Whitmore (Drew Barrymore), que mora no local e por quem Henry se apaixona perdidamente. Porém há um pequeno grande problema: Lucy sofre de falta de memória de curto prazo, o que faz com que ela rapidamente se esqueça de fatos que acabaram de acontecer. Com isso, Henry é obrigado a conquistá-la, dia após dia, para poder ficar para sempre do seu lado. 

Orgulho e Preconceito

Esse é um dos meus filmes favoritos da vida. Seguinte, Elizabeth Bennet (Keira Knightley) vive com sua família no campo, na Inglaterra. Por ser a segunda filha mais velha, ela enfrenta uma crescente pressão de seus pais para se casar. Quando Elizabeth é apresentada ao belo e rico Darcy (Matthew Macfadyen), faíscas voam. Embora haja uma química óbvia entre os dois, a natureza excessivamente reservada de Darcy e o orgulho de Elizabeth ameaçam a relação. Lembrando que esse filme tem o roteiro baseado no livro de mesmo título da diva master inglesa, Jane Austin.

Casa comigo?

Esse filme é uma comédia romântica absolutamente incrível, do tipo que você precisa assistir. Acontece que outro aniversário de namoro se passa sem que Anna (Amy Adams) receba uma proposta de casamento de seu namorado, então ela decide tomar uma atitude. Sabendo da tradição irlandesa que permite às mulheres fazer o pedido no dia 29 de fevereiro, ela planeja seguir seu amado até Dublin e lhe pedir em casamento. Mas o destino tem outros planos para Anna: ela acaba do outro lado da Ilha com o bonitão e mal-humorado Declan (Matthew Goode), um irlandês que pode fazê-la enxergar o valor do verdadeiro amor.

O melhor amigo da noiva

Tom (Patrick Dempsey) é um jovem que evita compromissos sérios e tem várias namoradas. Hannah (Michelle Monaghan), sua melhor amiga, encontra o homem ideal, perfeito, um príncipe encantado, justo quando Tom descobre que realmente a ama. Quando Hannah pede para ele participar de sua festa de despedida, Tom aproveita a oportunidade para evitar que o casamento aconteça, e sua grande intenção nada mais é do que roubar a noiva. 

Para sempre Cinderela

Esse é sem dúvida o melhor filme da Cinderela já produzido, nem a Disney ganha dessa vez. Esta versão atualizada do clássico conto de fadas mostra a história de Danielle, uma jovem a frente de seu tempo que é forçada a trabalhar como escrava após a morte de seu pai. A madrasta é uma mulher sem coração que obriga Danielle a limpar e cozinhar. Mas tudo isso muda quando a jovem conhece o charmoso Príncipe Henry, que fica encantado pela personalidade de Danielle. E o casal é aconselhado por ninguém mais que Leonardo Da Vinci. Amooo!

Esposa de mentirinha

Então, essa é uma das várias comédias piegas do Adam Sandler, e o pior é que eu gosto pra caramba kkk. Com o coração partido recentemente, o cirurgião plástico Danny Maccabee (Adam Sandler) finge ser casado para sair com váaaaarias mulheres. Suas mentiras funcionam bem, até que ele conhece Palmer, a mulher de seus sonhos, mas que resiste em se envolver com ele. Ao invés de ser honesto, Danny pede a Katherine (Jenifer Aniston), sua assistente, para fingir que é sua futura ex-esposa. As mentiras acabam criando mais problemas, e Danny se vê envolvido em divertidas confusões.

O amor não tira férias

Provavelmente esse é o meu filme favorito da vida, não por ser o melhor em enredo, ou em técnica nem nada assim, mas simplesmente porque ele é real. Real no sentido de que o que os protagonistas enfrentam é comum a grande maioria das pessoas. Desencontros e problemas no relacionamento, ou sentimento que simplesmente não é correspondido. Mas o que todos entendem no fim é que o amor não engana, e quando é verdadeiro as coisas simplesmente cooperam pra que dê certo.

Depois desse meu lado sentimental demais vamos à premissa: Duas mulheres, uma dos Estado Unidos e a outra da Inglaterra, decidem trocar de casa no Natal depois do término sofrido de seus relacionamentos. Cada uma encontra o romance com um homem local, mas percebem que o retorno pode acabar com o relacionamento. Sem falar que nesse filme estão 3 dos meus cinco atores favoritos do mundo. O elenco é composto por: Kate linda Weslet, Jack maravilhoso Black, Jude Dumbleodore perfeito Low e Cameron Diaz.

Cartas para Julieta

Esse filme é muito lindo! 

Em visita à cidade italiana de Verona com seu noivo ocupado, uma jovem chamada Sophie (Amanda Seyfriend) visita um muro onde os desiludidos deixam cartas para a trágica heroína de Shakespeare, Julieta Capuleto. Ao encontrar uma dessas cartas, de 1957, a jovem decide escrever à autora, Claire (Vanessa Redgrave). Inspirada pela atitude de Sophie, Claire, acompanhada de seu belo neto Charlie Wymandecide (Christopher Egan), decide procurar por seu antigo amor.

Titanic

Sempre foi e sempre será o filme mais incrível que eu já assisti. Eu sou completamente apaixonada por esse longa, e por mais batido que ele tenha se tornado, sempre o defenderei, porque ele é simplesmente fantástico e extremamente bem feito. 

Um artista pobre e uma jovem rica se conhecem e se apaixonam na fatídica jornada do Titanic, em 1912. Embora esteja noiva do arrogante herdeiro de uma siderúrgica, a jovem desafia sua família e amigos em busca do verdadeiro amor. Amo pra sempre!

O despertar de uma Paixão

Esse filme é um belo exemplo de como perdão e amor andam juntos, lado a lado. Flagrada em um romance com outro homem, a esposa de um cientista acompanha o marido para a China continental, em 1920, para combater uma epidemia de cólera. Lá, ela embarca em uma jornada de auto-descoberta que a leva a uma inesperada oportunidade de redenção.