Quando o filme solo do Coringa foi anunciado por Todd Phillips, o diretor veio com a proposta do DC Black, um novo selo de filmes da DC Comics e a Warner Bros. com o intuito de trazer para tela um estudo de personagens baseados nos heróis e vilões da editora; se inspirando em clássicos da sétima arte e colocando o foco de suas produções nas grandes premiações, separando-as do universo que o estúdio tentou estabelecer nos últimos anos com filmes como O Homem de AçoBatman V Superman Liga da Justiça.

Logo após a primeira exibição de Coringa no Festival de Venezamuitos fãs ficaram empolgados ao ver tamanho prestígio que os "especialistas" do festival deram ao filme, e logo após o filme ganhar o Leão de Ouro (premiação máxima do festival) os holofotes se voltaram ainda mais para as produções de filmes baseados em quadrinhos, e durante uma entrevista, o próprio diretor Todd Phillips comentou que já tinha apresentado algumas ideias para mais filmes com o selo DC Black, mas deixou de lado por um tempo para se dedicar ao filme do príncipe palhaço do crime e até então não se foi comentado mais nada a respeito de suas ideias. Por conta disso, separamos uma lista com SEIS possíveis ideias de adaptações para o DC Black - sejam elas adaptações de graphic novels ou apenas baseando-se em algum personagem da editora - junto a nomes de alguns diretores que poderiam pegar esses projetos. Confira:

LEX LUTHOR

Começamos a lista mostrando um personagem aclamado pelos fãs de quadrinhos e que recentemente veio com um rumor de que já poderia ganhar um filme solo

Lex Luthor é um personagem de personalidade fortíssima e que já teve diversas interpretações nos cinemas (assim como o Coringa), mas usá-lo nos cinemas num filme só dele dependerá muito de como o estúdio pretende por essa ideia em prática, pois é extremamente difícil trabalhar o intelecto e as ações do personagem sem a presença do Superman ao seu lado, já que o herói serve bastante para fazer Luthor se questionar sobre como ele tenta ser o ser humano perfeito e falha miseravelmente ao ser comparado ao último filho de Krypton. 

Uma proposta para que se fosse possível trabalhar o personagem seria a de usá-lo num thriller politico mostrando sua trajetória para chegar ao cargo de presidente dos Estados Unidos, mostrando como funcionam os bastidores da política e os métodos mais absurdos que o vilão usaria para conseguir tal objetivo; e mesmo com essa trama mais "pé no chão", não seria preciso descartar a presença do homem de aço na trama, colocando-o em segundo plano na história para mostrar um lado mais racista do magnata Luthor na trama, e fazer um filme de quadrinhos mostrando um candidato racista e verdadeiramente mau nos Estados Unidos não fugiria muito da realidade do governo do país atualmente.

Possíveis diretores(as): David Fincher (Clube da Luta e A Rede Social) e Adam Mckay (Vice e A Grande Aposta).

SARGENTO ROCK

Esse é um personagem que muita gente pode não conhecer, mas o Sargento Rock que tem um papel importante por ser um grande aliado dos heróis no universo DC, e adaptá-lo como DC Black poderia trazer uma mistura de gêneros ao trazer um filme de guerra com referências a clássicos como O Resgate do Soldado Ryan e a obras mais recentes como Operação Overlordinserindo o gênero de ficção e terror numa trama que mostraria soldados liderados pelo protagonista tentando impedir cientistas nazistas de entregaram uma super arma durante a segunda guerra, e essa ideia poderia introduzir outros personagens da editora como o Capitão Átomo servindo como arma dos inimigos.

Um filme com classificação para maiores de 18 anos e com a temática de guerra costuma atrair muita gente, e utilizar personagens de quadrinhos seria apenas mais uma adição que poderia melhorar ainda mais a fórmula, mas isso dependeria principalmente da visão que o diretor escalado poderia passar para a trama.

Possíveis diretores(as): Jordan Vogt-Roberts (Kong: A Ilha da Caveira), Gareth Edwards (Rouge One) e Matthew Vaugh (Kingsman).

EXTERMINADOR

Se um filme do Sargento Rock poderia retratar a Segunda Guerra, um filme do Exterminador poderia se passar durante e após a Guerra do Vietnã, mostrando a origem do vilão com os experimentos militares que o transformaram numa super arma e logo em seguida mostraria um Slade Wilson ao estilo Rambo e Sniper Americano, com um homem sequelado pela guerra e que não consegue ser mais reajustado em sociedade e cheio de conflitos familiares (principalmente com seus filhos, que é algo canônico nos quadrinhos) que usará desses traumas e conflitos como desculpa para entrar no mundo do crime e se tornar um perigoso inimigo público, e ao invés de introduzir o Batman, o longa poderia colocar o próprio protagonista como o seu próprio inimigo, numa batalha intelectual entre Slade x Exterminador, e para isso o roteiro precisará saber como introduzir esses conflitos de maneira coesa para não confundir a trama.

Possíveis diretores(as): Sylvester Stallone (Rambo IV e Os Mercenários), Mel Gibson (Até o Último Homem) e Kathryn Bigelow (Guerra ao Terror).

MULHER-GATO

Essa não seria a primeira vez que a personagem ganharia um filme solo, pois a mesma já foi trazida para os cinemas em uma péssima adaptação em 2004 (que é melhor nem lembrar no momento), mas essa nova interpretação da Mulher-Gato poderia ser um drama policial que se basearia numa HQ de 2001 escrita por Ed Brubaker, mostrando Selina Kyle voltando ao seu antigo bairro de Gotham para caçar um serial killer que mata as mulheres do bairro, e ao mesmo tempo em que essa investigação acontece, e durante a trama, o filme também revelaria um pouco do passado de Selina como prostituta, ladra e defensora das mulheres, tratando diversos temas como misoginia, machismo e marginalização durante a trama.

Um grande "porém" dessa trama é  que The Batman chegará aos cinemas em breve com Zoë Kravitz interpretando a anti-heroína, então fica no ar a proposta de um suposto spin-off do longa do Homem-Morcego.

Possíveis diretores(as): Lorene Scafaria (As GolpistasAndrea Berloff (Rainhas do Crime).

O ESPANTALHO

Mais um vilão da quilométrica galeria do Batman entra aqui, pois essa é uma das galerias de vilões mais complexas da história dos quadrinhos,e o Espantalho seria um dos vilões que poderia entrar nessa lista facilmente, pois o personagem pode entrar no gênero de terror psicológico ao mostrar a trajetória de um jovem estudante de medicina se transformando num insano bandido que usa do medo como sua principal arma. Além disso, uma outra possibilidade da trama poderia mostrar um grupo de pessoas presas numa armadilha do vilão e tendo que sobreviver as suas armas e toxinas do medo, numa mistura de Jogos Mortais A Bruxa.

Possíveis diretores(as): Robert Eggers (A Bruxa), Josh Boone (Os Novos Mutantes) e Ari Aster (Hereditário).

O PANTERA

Mais um herói do underground da DC, o Pantera é um membro da Sociedade de Justiça das Américas que poderia chegar aos cinemas como um filme que destoaria dos outros da lista por ter a sua temática  totalmente distanciada do heroísmo, mostrando o submundo das lutas clandestinas como WWE e um personagem em busca de ascensão nesse meio artístico, e logo em seguida vemos sua queda brusca sobre esse mesmo ambiente, destruindo o ego de um homem comum que se envolve em tanta violência e acaba perdendo sua identidade civil por conta de sua "máscara" de lutador. 

Esse filme poderia se aproximar muito mais do filme do Coringa do que todos os outros dessa lista pelo fato de ser um grande estudo de personagem e mostrar uma crítica de como a sociedade ainda hoje busca por entretenimento na desgraça alheia e como algumas pessoas precisam se entregar demais para se sentirem satisfeitas, com uma direção densa e um roteiro que saia trabalhar a dualidade entre o homem que veste a máscara e o cidadão fora dela.

Possíveis Diretores(as): Guy Ritchie (Snatch - Porcos e Diamantes), F. Gary Gray (Straight Outta Compton: A História do N.W.A.) e Darren Aronofsky (O Lutador).