Jão lançou seu mais novo vídeo para a música "Idiota", que faz parte de seu terceiro álbum de estúdio intitulado "Pirata" e que também  viralizou no TikTok com as famosas trands. direção de Pedro Tófani, o  videoclipe vem recheado de referências do mundo do cinema mundial e nacional. 

Veja abaixo a lista das referências que nosso Anti-herói favorito usou em seu novo videoclipe:

Titanic (1997)

Jão trás a icônica cena de Titanic (1997), pra não dizer revoltante, em que Rose (Kate Winslet) está em cima porta de uma porta de madeira enquanto Jake (Leonardo Decaprio) fica em baixo para que ela possa ficar sã e salva. Serio, foi uma sacada de gênio trazer reproduzir esta cena no clipe de Idiota, porque claramente a porta cabia Jake e Rose e mais dez pessoas. 

De um lado vemos Jão e do outro a cena de Titanic

O Segredo de Brokeback Mountain (2005)

 Na segunda referência Jão nos apresenta um dos filmes mais lindos e triste do cinema LGBTQIA+ do mundo todinho, reproduzindo a famosa cena do acampamento, dos Cawboys Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennis Del Mar (Heath Ledger). Chega dá uma dorzinha no coração. 

Do lado direito Jão e modelo, do ledo esquerdo O Segredo de Brokeback Mountain
 

10 coisas que eu odeio em você 

Logo em seguida nosso pirata, nos entrega uma cena clássica do cinema mundial em que o Patrick Verona de Heath Ledger  cantando “Can’t Take My Eyes Off You”. Jão reproduz a cena dando uma ar de leveza ao vídeo, chega até a ser divertida a forma como a cena é composto. 

Do lado esquerdo vemos Jão representando Heath Ledger como Patrick Verona

Homem-Aranha (2002)

 A próxima cena, ao meu ver, é uma das cenas mais icônicas de todos todos os tempos, seja do cinema ou dos filmes dos Homem Aranha (2002). Nossa querido Anti-Heroi, se transforma no mais amado amigo da vizinhança e reproduz a famosa cena beijo na chuva, onde o Peter Parker de Tobey Maguire  beija a Mary Jane de Kristen Dunst de cabeça para baixo. Serio, isso que eu chamo de uma cena amor. 

Do lado esquerdo Jão representado a icônica do filme Homem-Aranha 

 Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

 Um clássico na literatura e no cinema nacional, Jão reproduz a cena de Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976) de uma maneira leve e um pouco cômica. Ele tocando o branco da atriz que representa Dona Flor como se perguntasse "E eu?" me fez parti o coração de tão fofo que é. 

Jão e modelos representado cena de Dona Flor e Seus Dois Maridos  

 

Namoro de Xuxa e Ayrton Senna  Xuxa

Além de usar varias referências do cinema, Jão também usou como referência o romance vivido entre Xuxa e Ayrton Senna. Na cena, o cantor está abraçando a modelo que representa a eterna rainha dos baixinhos em frete a uma bandeira que recordam as cores da bandeira do Brasil.

Ao lado esquerdo Jão e modelo e ao lado direito Xuxa e Ayrton Senna 

Bem, a referência é ser essa, mas a cena também me fez lembrar o vídeo de "Born to Die" da cantora Lana Del Rey

Lana Del Rey Goes Big-Budget in 'Born To Die' Video – Billboard
Foto: Reprodução/Internet

  Jão entregou uma verdadeira obra recheado de referências,  que no videoclipe brincam com a ideia de amar uma pessoa ao ponto de se tornar um idiota. Contudo, ele  vai além ao trazer essas referências que fazem parte da vida de milhares pessoas, pois trás um sentimento de nostalgia. 

Assista ao vídeo!