Ainda não há uma data certa para a chegada da terceira temporada de uma das séries mais queridinhas da atualidade, mas ainda assim, já sabemos de algumas coisas que podem aparecer no novo ano de Stranger Things.

Millie Bobby Brown (Eleven/Onze) disse recentemente em uma entrevista que acharia muito interessante se em alguma temporada a sua personagem não tivesse seus poderes. A ideia parece não casar com a convergência de caminhos que terminaram na segunda temporada com vários ganchos, mas vale ressaltar que a personagem termina o segundo ano sendo "adotada" por Jim Horper (David Harbour) - formando um dos pares mais fofos da série.

A relação de Eleven e Horper deve mudar muito nessa temporada e isso deve fazer com que a garotinha passe a controlar melhor seus poderes e usá-los com menos frequência, tendo uma vida mais humana, mais normal. Agora que tem um pai e amigos ao seu lado, ela não precisa mais usar suas habilidades para se defender com tudo o custo, visto que agora terá "aliados" mais presentes em sua vida.  Todas essas pessoas ao seu redor ajudarão Eleven a ter uma vida comum, sem precisar se disfarçar ou fugir. Nas temporadas anteriores, quando a personagem apareceria em contextos sociais ela nunca estava de uma forma natural, sendo ela mesma. Ela agora poderá agir como uma adolescente comum.

Finn Wolfhard (Mike) disse que a terceira temporada terá mais romance e como toda a internet apoia, "mileven" deve ser mais explorado agora. - O shipp é real. O final da segunda temporada mostrava indícios disso. Tivemos os casais se formando e não só isso. Tivemos uma mostra das parcerias que serão exploradas, o maior exemplo disso é a junção de Dustin e Steve, uma relação meio de irmãos, mas meio que de pai e filho também.  

Uma nova personagem será introduzida na trama. A descrição sugere que ela vai estar envolvida em algum núcleo de romance da série. Ela é uma menina descolada, moderna, que está de saco cheio da vida e deve trabalhar no shopping junto com o Steve. Com isso, podemos concluir que ela irá integrar uma espécie de quadrado amoroso formado por Steve, Nancy e Jonathan

Shawn Levi, produtor da série, também corroborou com o que disse Finn. Ele afirmou que o terceiro ano de Stranger Things será a temporada de amor. Mas como sabemos, nem só de flores vive esse sentimento. Na segunda temporada Joyce perdeu o amor de sua vida e será que isso pode abrir as portas para Joyce se juntar com Horper? Parece ser evidente que os dois ficarão juntos no final da série, seja ela na quinta temporada, sexta, sétima, enfim. Então, podemos esperar uma aproximação maior dos dois agora.

O interessante é que vamos perceber a história por uma nova ótica. Conhecemos os protagonistas como crianças e agora, enquanto adolescentes, poderemos perceber essas situações românticas mais infantilizadas, iniciais, com um sentimento de inocência e descoberta, que combina bem com o estilo de época da produção. Shawn Levi também falou sobre isso, dizendo que eles vão brincar com a instabilidade dos relacionamentos numa fase tão jovem desses personagens e que isso pode resultar em muita trama interessante. 

O terceiro ano de Stranger Things se passará em 1985, e se na temporada anterior eles fizeram aquela brincadeira com os Caça-Fantasmas, podemos esperar para a terceira temporada algumas referências de filmes como De volta para o Futuro, Goonies e Clube dos Cinco. Filmes icônicos dos anos 80 e a gente quer muito ver isso na série. 

Além desse filmes, Assassinato por Encomenda, também de 1985, pode ter uma forte influência na trama. O filme mostra um jornalista investigativo que cria uma nova persona para cada caso em que está trabalhando. Coincidentemente ou não, nessa nova temporada teremos a introdução de outro novo personagem. Um jornalista investigativo com um humor meio doentio que está investigando as coisas estranhas que estão acontecendo na cidade e vamos também descobrir porque ele não apareceu até agora na série. Você deve estar se lembrando que na temporada anterior também havia um jornalista investigando esses casos estranhos e isso pode levar a um embate entre essas duas linhas de investigação.

Ainda não sabemos sobre a real ameaça da terceira temporada. Não sabemos quais monstros podem aparecer e nem de onde essas novas ameaças podem vir. O certo é que finalmente Will terá um descanso. - Força, Guerreiro. 

A primeira temporada foi uma surpresa em todos os quesitos, porque não sabíamos absolutamente nada do que esperar. A segunda já foi mais tranquila em relação a isso, porque já tínhamos uma noção do que estava por vir. A Eleven estava no mundo invertido, e tínhamos que saber como ela seria resgatada e etc. Agora para o terceiro ano, não sabemos de nada novamente. As coisas estão completamente em aberto. Os mistérios foram resolvidos parcialmente no final da segunda temporada e as dúvidas mais fortes que sobraram é se a cidade inteira poderia parar no mundo invertido. 

Stranger Things parece querer deixar muitas das suas questões sem respostas, pelo menos por enquanto, deixando para respondê-las mais no final da série. Por agora, eles devem explorar o mundo invertido, por ser uma coisa nova, misteriosa e muito particular da série. É justamente por isso que é hora de responder algumas perguntas sobre o mundo invertido. Como é? De onde veio? Por que ele existe? O que realmente há do outro lado? 

Eles já começaram a responder algumas dessas perguntas a partir do momento em que mostraram os laboratórios, as pesquisas e afins. Mas é chegado o momento das personagens da série entenderem o mundo invertido para que nós, enquanto espectadores, possamos entender também. É nesse ponto que o novo jornalista investigativo pode ajudar a trama. Ele tentará acompanhar essas questões e buscar respostas, representando assim o espectador.