Ao contrário do que a maioria das pessoas pensam e do que os livros de história dizem, os dinossauros não foram extintos por causa de um meteoro. Sim, é exatamente isto que você leu, a arqueologia te enganou esse tempo todo. Mas relaxa, o Bora vai te explicar direitinho, porque cultura/história é conosco mesmo. Sim, Bora!

Há milhares de anos, literalmente nos tempos das cavernas, o ser humano ainda era um animal primitivo, já que seu cérebro não tinha evoluído o suficiente para ser "dominador" sobre a terra. A questão é que existia uma raça de animais que evoluiu o suficiente para serem o que os seres humanos só conseguiriam muito tempo depois, viver em sociedade.

A raça mencionada você já deve saber, sim, são os dinossauros. Eles eram tão inteligentes que viviam como nós humanos vivemos hoje. Eles trabalhavam, possuíam uma casa, uma família perfeitamente hierarquizada (talvez nem tanto) e também odiavam suas sogras. Provavelmente nós herdamos deles a maneira como nos comportamos hoje.

Dentro dessa sociedade existia uma família que tinha aspectos nada peculiares, eram perfeitamente comuns, e por isso tão fascinantes. Era a família da Silva Sauro. Dino (o pai), Fran (a mamãe), Bob, Charlene e Baby (os filhos), e o encosto de Dino (a sogra), viveram numa época que nós conhecemos como Pangeia, há cerca de 6000000000000000000000000000000000000 de anos atrás. No entanto, para nós, eles viveram em meados de 1991-1994; e o que certamente mais encanta nessa família são as brincadeiras do filhote endiabrado mais novo, o Baby Rosa lindo da Silva Sauro, com seu pai Dino.

Dino saía para trabalhar enquanto Fran ficava em casa com as crianças (coisas daquela época). Bob e Charlene iam para a escola e Baby ficava em casa enchendo o saco de todo mundo. Nós conhecemos a família através da TV nos anos 90, e naquela época foi um sucesso ver aquela família que era tão igual a nossa só que com algumas garras a mais. No entanto, a última vez que os vimos foi muito esquisita.

Seguinte, tudo começa com a Família Dinossauros, em um piquenique, esperando a passagem anual dos besouros. O problema é que a empresa que Dino trabalhava inventou de construir uma fábrica no pântano onde os besouros se reproduziam.

Acontece, que os besouros eram peças principais no controle de trepadeiras (uma planta da época), que começaram a crescer sem controle por todo o planeta. Quando todos tomaram consciência da tragédia, uma comissão ambiental foi formada, com Dino no comando, para tentar resolver a proliferação das vinhas.

E, o que era para ser solução, só complicou mais as coisas. A comissão decidiu borrifar em todo o planeta um veneno poderoso, capaz de desfolhar as trepadeiras. Mas, depois de feito, não só as vinhas, mas todas as plantas existentes na Pangeia estavam quase morrendo.

A solução, então, seria fazer chover. O que Dino faz então? Manda soltar bombas em vulcões, para tentar criar nuvens de chuva.

Mais uma vez, no entanto, a ação foi estupidamente errada. Ao invés de melhorar os problemas, eles só conseguiram neve e mais neve, que dá início ao resfriamento global e, assim, à Era do Gelo.

Então, amigos, os dinossauros não foram mortos por um meteoro como você aprendeu na escola; eles causaram a sua própria destruição, sendo congelados vivos. 

Triste, não? O Bora agradece pela oportunidade de poder estragar sua infância e deixa o vídeo abaixo para você conferir a última cena da família de dinossauros mais incrível do planeta.

Bom, depois que você assistiu e chorou muito pense por um lado bom, se eles existissem nós não estaríamos aqui. Aprendemos tudo que pudemos com eles e agora estamos caminhando para nossa própria auto destruição, tal qual eles fizeram. Somos bons alunos!