A AMC Entertainment perdeu mais de meio bilhão de dólares em lucros devido ao fechamento dos cinemas, desde março, como resultado da pandemia de COVID-19.

Os números chegam através do site Variety, revelando que a empresa perdeu 561,2 milhões de dólares nesse período. A perda é a pior que a AMC sofreu em seus 100 anos de história colocando a corporação em um local muito difícil. Ainda assim, em resposta ao desastroso trimestre financeiro, o CEO e presidente, Adam Aron, reconheceu os tempos difíceis e permaneceu otimista no próximo trimestre financeiro.

"Não deveria ser surpresa para ninguém que,  com nossas operações fechadas em todo o mundo, e quase nenhuma receita aparecendo, esse foi o trimestre mais desafiador dos 100 anos de história da AMC. É por isso que o progresso de toda a equipe da AMC desde o início do segundo trimestre é ainda mais importante e impressionante ao trabalhar para alcançar três prioridades principais: reduzir drasticamente as despesas operacionais e de capital, fortalecer nossa posição de liquidez e definir planos para a reabertura bem-sucedida de nosso cinemas assim que seria sensato fazê-lo".