Fãs do Homem-Aranha e filmes da Marvel foram pegos de supresa na última semana com a notícia de que a Sony Pictures e a Disney encerram a sua parceria que permitia que o herói participasse dos filmes do MCU. Como já era de se esperar, o presidente da Marvel Studios, Kevin Faige, e o ator Tom Holland, interprete do personagem, falaram sobre o assunto e o futuro do cabeça de teia nos cinemas agora seguindo em "carreira solo".

Vale lembrar que ambos estavam na D23 Expo, e usaram o evento para falar sobre o acontecido. Feige por sua vez não deu muitas esperanças aos fãs e disse que:

"O que eu sinto em relação ao Homem-Aranha é alegria e gratidão. Nós conseguimos fazer cinco filmes usando o Homem-Aranha no MCU: dois solos e três ao lado dos Vingadores. Era um sonho que eu nunca achei que poderíamos realizar. Nunca foi para durar para sempre. Nós sabíamos que tínhamos um tempo finito em que poderíamos fazer isso e nós contamos a história que queríamos contar e eu sempre serei agradecido por isso", disse o presidente da Marvel Studios.

Tom Holland, que interpreta o Homem-Aranha nos cinemas, quebrou o silêncio durante o fim de semana e confirmou que continua no papel mesmo com o rompimento com a Marvel.

"Isso não significa o meu fim como Homem-Aranha. Definitivamente tem mais coisas por vir. Nós nos reunimos essa semana com o pessoal que está criando a história para Homem-Aranha 3, e deve ser algo bem especial. O filme será bem diferente. Eu sou eternamente agredecido à Marvel, que mudou a minha vida e permitiu que eu realizasse meus sonhos, e também à Sony, que vai me permitir continuar vivendo eles", disse.

Até o momento não temos novidades de quando será o início de produção de Homem-Aranha 3, que será completamente desligado do segundo filme, Homem-Aranha: Longe de Casa.