A NBC anunciou que não irá transmitir o evento Globo de Ouro em 2022. O anúncio vem no meio de críticas crescentes em torno da Hollywood Foreign Press Association (HFPA), a organização que criou o Globo de Ouro. A NBC exibe o Globo de Ouro desde 1944 e os prêmios em si são concedidos por membros da HFPA. As críticas à HFPA de atores e outros membros da indústria do entretenimento giram em torno da falta de diversidade da Associação entre outros problemas éticos. 

(Foi relatado em fevereiro que a organização consistia de 100 jornalistas, nenhum deles negro).

A organização aprovou recentemente uma série de propostas de reformas para melhorar suas questões éticas e demográficas em resposta a essa crítica, que incluiu um crescimento de 50% na organização nos próximos 18 meses. No entanto, os relatórios também mostraram que cerca de 10% dos membros do HFPA não apoiavam esses planos. 

Conforme relatado pelo The Hollywood Reporter a NBC disse em um comunicado:

"Continuamos a acreditar que o HFPA está comprometido com uma reforma significativa. No entanto, uma mudança dessa magnitude leva tempo e trabalho, e sentimos fortemente que o HFPA precisa de tempo para fazê-lo da maneira certa. Como tal, a NBC não irá transmitir o Globo de Ouro de 2022. Presumindo que a organização execute seu plano, temos esperança de estar em posição de transmitir o programa em janeiro de 2023."

Um comunicado divulgado pelo co-CEO e diretor de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, afirmou que o serviço de streaming interromperia seu relacionamento com o HFPA até que "mudanças mais significativas sejam feitas." Sarandos continuou:

"A Netflix e muitos dos talentos e criadores com quem trabalhamos não podem ignorar o fracasso coletivo da HFPA em tratar dessas questões cruciais com urgência e rigor".

A 78ª cerimônia do Globo de Ouro aconteceu em fevereiro de 2021, onde a Netflix recebeu mais indicações do que qualquer outra rede ou estúdio. Na cerimônia deste ano não reconheceram filmes e cineastas negros, como Destacamento Blood, que não recebeu indicações - mesmo com a direção de Spike Lee e atuações aclamadas de Delroy Lindo e Chadwick Boseman. Da mesma forma, Judas e o Messias NegroA Voz Suprema do BluesMalcolm & MarieUma Noite em Miami e Os Estados Unidos vs. Billie Holiday não foram nomeados para Melhor Filme - Drama. Além disso, todas as indicadas para Melhor Atriz - Musical / Comédia e Melhor Atriz Coadjuvante - foram mulheres brancas.

Recentemente, a atriz Scarlet Johansson pediu a Hollywood que "se afastasse" da organização, citando não apenas anos de sexismo e exclusividade, mas que a HFPA foi "legitimada por gente como Harvey Weinstein para ganhar impulso para o reconhecimento da Academia". Ela continuou:

"A menos que haja uma reforma fundamental necessária dentro da organização, acredito que é hora de dar um passo atrás no HFPA e nos concentrar na importância e na força da unidade dentro de nossos sindicatos e da indústria como um todo."

O ator Tom Cruise devolveu seus prêmios do Globo de Ouro em forma de protesto contra a falta de diversidade da organização em seus membros, práticas e nomeações. Cruise ganhou três prêmios Globo de Ouro - duas vezes de Melhor Ator - e Melhor Ator Coadjuvante.