O diretor Joe Pytka, responsável pelo filme Space Jam: O Jogo do Século, concedeu uma entrevista ao TMZ e não ficou nada contente com o resultado da sequência, Space Jam: Um Novo Legado, descrevendo a experiência como "entediante".

Quando fizemos ‘Space Jam’, Michael Jordan não era apenas o melhor jogador de basquete do mundo… Ele era uma das maiores celebridades do planeta. LeBron é um atleta brilhante, e bom ator, mas a verdade é que ele não é Michael Jordan", declarou.

O novo Pernalonga não tem nenhuma conexão com o clássico, e isso foi algo que trabalhamos com muito cuidado no filme original. Essa versão parece um daqueles bonecos de pelúcia que você compra para seu filho em uma loja de aeroporto, quando o voo está atrasado.

A continuação mostra os Looney Tunes enfrentando uma nova ameaça nas quadras, desta vez com a ajuda de LeBron, considerado um dos melhores jogadores de basquete da atualidade.

Com direção de Malcolm D. lee, Space Jam: Um Novo Legado está em cartaz nos cinemas.