A artista escocesa Sophie morreu hoje (30), aos 34 anos. Segundo a Future Classic, empresa que agenciava a carreira da cantora e produtora de música eletrônica, a morte aconteceu por volta das 4h em Atenas, Grécia, onde ela vivia. Segundo o comunicado, Sophie escalou um lugar alto para ver a lua, escorregou e caiu.

"Tragicamente, a nossa querida Sophie morreu esta amanhã após um terrível acidente. Verdadeira quanto a sua espiritualidade, ela subiu em um local alto para ver a lua cheia e acidentalmente escorregou e caiu. Ela estará sempre conosco. A família agradece a todos pelo amore e apoio e pede para que tenham a privacidade respeitada neste momento devastador", dizia o a mensagem do selo, no Facebook. 

Além de produtora, Sophie era cantora e DJ. Artista transexual, ela foi referência na música eletrônica e em 2019 concorreu ao Grammy na categoria de de melhor álbum de dance/eletrônica, com "Oil of Every Pearl's Un-Insides". Isso fez dela a primeira artista trans a concorrer à maior premiação da música.