E aqui estamos em mais uma review de Riverdale e se o episódio passado foi pouco produtivo, esse teve ainda menos informação relevante. E tivemos aqui uma única causa decente de ser citada, que envolve os problemas psicológicos do Archie.

O episódio começa com Cheryl querendo converter Kevin para a sua igreja. Devo lembrar aqui que Kevin nesses últimos episódios parece estar meio para baixo, e foi isso que a ruiva notou e resolveu leva-los para a igreja.

Apesar de ser resistente quanto a ideia de conversão e fugir do primeiro culto, Kevin dá uma chance para uma conversa com a nova pastora, que o convence a falar com Fangs sobre a forma que eles terminaram (devo lembra-los também que teve dedo dela nessa separação). Mas quando chega até o apartamento do amado, Kevin encontra Fangs com um ex namorado dele.

No fim ele tenta superar o caso entrando de vez para o culto de Cheryl e Penolope, e vamos ver o quanto vai durar essa procissão.

Na parte interessante do episódio temos Archie tendo problemas com o amigo soldado que anda tendo pesadelos com a guerra. Eric, o soldado que o ruivo abriga, quase morreu em batalha, mas Archie salvou a sua vida.

Ele perdeu as pernas, mas sobreviveu. Porém as coisas que são vistas na guerra não são facilmente superadas e o colega começa a ter um comportamento violento.

Porém o que vemos acontecer, enquanto Archie tenta achar ajuda para Eric, é que ele mesmo vem sofrendo com os mesmo problemas. Alucinações, pesadelos, desfoques da história vivida... Archie sente muita culpa de ter perdido homens sob o seu comando e acaba descontando em uma história envolvendo cachorros.

Quando o tio leva um pet adotivo para casa, na tentativa de fazer Archie e Eric se sentirem melhor, uma intercorrência com o novo inquilino acaba preocupando Archie, que descobre que ele foi resgatado de um canil que pratica briga de cachorros.

Ele, óbvio fica revoltado, e resolve lutar pelos cachorros sob o pretexto de uma história que na guerra havia um cão chamado Bingo, onde toda a tropa tinha o adotado, mas que tinha morrido no campo de batalha.

Depois de toda a frustração e acerto de contas com o cara que mantinha os cachorros, agora resgatados, vem a tona que Bingo na verdade não era um cachorro, mas sim um dos soldados que estavam na guerra com Archie.

E é nesse ponto que ele percebe que está precisando de ajuda também e busca terapia. Espero que esse seja um plot ainda minimamente interessante de acompanhar.

Na parte inútil também da história, Veronica está querendo recuperar o dinheiro que o ex marido perdeu e conta com a ajuda de Reggie para esse feito, incluindo roubar clientes do seu pai para investir na bolsa de valores. O que dá certo, pelo menos por enquanto.

E por fim, Betty resolve voltar para a sua investigação sobre a irmã desaparecida, após os eventos do sumiço de Jughead, que segue sem voltar para Riverdale, e tenta localizar os assassinos da estrada. Porém o que ela não esperava era acabar sendo pega pelo FBI.

O que obvio, não impede que ela continue com sua investigação, agora sob outros meios, e no fim do episódio temos ela sendo pega por um dos caminheiros da estrada.

Será que ela vai conseguir se livrar do cara? Será que ele tem algo a ver com o sumiço de Poly? Tabitha vai ajudar a nova amiga?

Coisas que só vamos saber no próximo episódio.