Mais um típico episódio de meio de temporada em Riverdale, com poucas coisas importantes acontecendo, mas um leve desenvolvimento na história principal, na qual estamos cada vez mais próximos. Essa semana começou com o grande duelo entre Jughead e Bret e confesso que não tinha boas vibrações emanando disso.

O episódio começa com Jughead e Bret decidindo as regras do duelo que vão travar. Eles tem direito a escolher um dos alunos para serem seus auxiliares e Jug escolhe Donna para ajuda-lo. Ao todo serão três etapas, Jug perde a batalha de esgrima, mas ganha o de socos. Na última etapa, um jogo de xadrez, Jug entrega a vitória para Bret.

Também tivemos a introdução de um cara estranho que conhece o tio de Archie, mas o maluco do nada tenta matar ele, o que não se concretiza porque por sorte o ruivo salva ele e o tal cara foge. Descobrimos então que o tio de Archie trabalhava de mercenário e agora o amigo está na cidade para cumprir ordens de matá-lo. Eles armam uma emboscada para ele, que termina preso, mas o cara consegue fugir e ataca Archie no banheiro da escola.

Enquanto o tal amigo estava preso, Frank resolve fugir para o Alasca, mas no meio do caminho resolve voltar, o que foi essencial para salvar Archie da mão do justiceiro. . O ruivo tenta convencer o tio a se entregar, mas ele acaba fugindo de novo.

Tivemos uma participação especial no episódio também. O cara que tentou estuprar Cheryl algumas temporadas atrás aparece no novo clube dela e de Veronica, deixando a ruiva nervosa. Ela termina contando tudo para Toni e a ex-serpente arma para ele no Maple Club com a ajuda de Fangs e Kevin.

No universo de Veronica, a patricinha está indo para Nova York com os pais resolver coisas da faculdade. A viagem de mais nada serviu do que introduzir uma personagem da nova série da HBO, Katy Keene. A moça é uma velha amiga de Veronica e no episódio elas saem para fazer compras juntas. Ao fim do episódio, Veronica descobre que o pai está doente e resolve tirar um pé da briga entre eles.

Voltando para Riverdale, Betty é punida pelas respostas que a mãe conseguiu no game do episódio passado e, por ter sido suspensa e retirada do jornal da escola, sobrou tempo para a loira começar a investigar a morte do professor Chipping. Ela vai atrás da esposa dele junto com a mãe, que também não acredita que ele teve um caso com Donna. Lá elas descobrem que o professor não queria mais escrever os livros dos Irmãos Baxter e que ele tinha uma relação com o exército e recrutou Moose para jogar futebol na instituição.

Ao procurar Moose, o estudante fala que Bret tem uma fita dele transando no dormitório e disse que era bom para a coleção dele. Inclusive em um determinado dia, Betty e Jug estavam juntos e tinha uma câmera os filmando. Essa informação desperta a loirinha que vai até Stonewall e invade o quarto de Bret procurando pelas fitas.

Betty encontra as fitas, mas aciona um alarme silencioso na sala da sociedade secreta, o que leva todos até lá durante a última batalha do duelo entre Jughead e Bret. Ele exige que Betty devolva as fitas, mas não contava que ela tivesse pego a de Donna. Na última cena Betty mostra para Jughead a tal fita em que ela conta sobre o caso que teve com Mr. Chipping , que na verdade é sobre outro professor que sumiu do mapa.

Nos aproximamos assim de uma possível investigação dos dois para tirar a limpo essa história. Será que essa brincadeira de detetive é o que levará ao fim de Jughead? Saberemos em breve.