Em virtude da poluição sonora causada pela empresa petrolífera, os sereianos vão precisar ficar na terra por pelo menos 8 meses. Isso significa que Ryn terá que provar seu valor como líder e cuidar de todos até que seja seguro para que eles voltem pra casa. Ela não quer falar para a filha de Donna que sua mãe foi morta por humanos, pois, sabendo disso, a criança iria querer voltar para água, e morreria.

Nesse meio tempo Xander vai até a cidade tentar conseguir um empréstimo para melhorar o barco de seu pai, mas não consegue. Então ele retorna a Bristol Cove cabisbaixo e está havendo uma festa das sereias no bar local. A agente do governo ainda está na cidade tentando coletar dados que a levem a provas sobre a morte de Decker, e está usando Xander para tomar conhecimento sobre os casos de mortes misteriosas na cidade.

Quando as sereias começam a ter o corpo ressecado pelo tempo em que estão afastadas do mar, Ben encontra um local na costa onde eles consigam ficar alguns minutos na água sem correr risco de vida. Acontece que a festa do bar vai para a praia, e isso quase acaba com o segredo da existência das sereias. Felizmente, eles conseguem tirar todas as pessoas do local e ninguém acaba ferido. No entanto, Xander descobre que o tritão que matou seu pai está no bando e fica enfurecido, especialmente ao saber que Ben o está ajudando.

Sobre o relacionamento entre Ben, Ryn e Maddie, podemos dizer que vai enrolar até o fim da temporada. Fica bem claro que Ben ficou preocupado depois do que aconteceu com Decker, e resolveu seguir o conselho do médico e ir na reunião para viciados. Questionado sobre sua presença no local, Ben explica que o seu vício é um relacionamento abusivo e doentio. O que me pareceu estranho foi que pelas palavras dele dava para deduzir que ele estava falando de Ryn, no entanto, no fim da fala me pareceu que ele estava falando sobre Maddie.

Depois ele conseguiu ficar a sós com Ryn, a ensinou a dirigir e lhe explicou o que é sorrir. Então questionou-a acerca de seus sentimentos por ela, se num poderia ser algo a mais, além da música. Ao que ela respondeu que talvez pudesse ser mais do que a canção. Pelo que Helen explicou no último episódio da primeira temporada, a música pode ser loucura pra uns, obsessão para outros, mas também pode ser amor. O que me leva a crer que no caso de Ryn e Ben, esse último seria mais plausível, já que ela cantou porque o amava e ele já retribuía esse sentimento antes do canto, diferente do que houve entre Donna e Decker. 

No mais, esse episódio serviu para fazer um diálogo com o começo da temporada e explicar de alguma maneira como todos esses elementos vão ser desenvolvidos. As novas sereias conseguem ser intimidadoras e conflitantes ao mesmo tempo em que carregam uma pequena dose de humor no momento em que tentam se adaptar ao novo ambiente. Aos poucos, assim como houve com Ryn, o lado humano vai sendo mais aflorado e o jeito animalesco vai sendo deixado de lado. O mistério ainda é o centro da trama e o romance despido de qualquer sentimentalismo e fantasia é o que torna a história ainda mais instigante e sedutora.