Cavaleiro da Lua é a maior aposta da Marvel Studios até agora no Disney+. Ela é primeira dessas séries a trazer um personagem completamente novo no MCU,  e também é um dos mais complexos, muitas vezes chegando ser totalmente impenetrável. Amado por seus fãs da Marvel Comics e ocasionalmente ridicularizado por aqueles que o consideram a versão muito menos legal do morcegão da DC, esses fatores já criam bastante expectativa entre os fãs.

A série terá 06 episódios e como de costume, eles serão liberados semanalmente toda quarta-feira.

Conheça mais sobre o Cavaleiro da lua


A Trama

Neste primeiro episódio da nova série do Disney+, encontramos Steven Grant (Oscar Isaac), um tímido funcionário da loja de presentes do museu britânico que acha que ele tem um distúrbio do sono. Steven se amarra à cama todas as noites, e se utiliza de mecanismo como, por areia ao reder da cama, um lacre de fita adesiva na porta, para que ele possa verificar se ele não tem vagado pelas ruas de Londres durante seu sono. Ele também evita ao máximo dormir, mantendo somente 4/5 horas de sono o suficiente para o corpo não colapsar. Mesmo exausto ele vai trabalhar diariamente e nunca reclama de nada, mesmo ouvindo constantemente as essas falarem sue nome errado ou as grosseirias de sua chefe.

Steven é apaixonado pelo Antigo Egito, e parece ser, ao que tudo indica, um homem adorável à beira de começar um romance com uma colega de trabalho, nesse momento devemos nos alertar, Steven não lembra de ter pedido para sair com ela, mas pelo comportamento da mulher isso aconteceu.

Em certo momento, Steven expressa suas preocupações em voz alta:

"Se eu vou ter uma namorada em algum momento, obviamente eu não posso ter restrições no tornozelo na minha cama, posso? Essa é a definição de uma bandeira vermelha"

Não demorou muito para steven se encontrar fora da cama e em apuros. Tendo viajado de alguma forma, enquanto tentava entender a situação, ele se encontra em uma situação de perigo iminente. Ele parece ter estado em uma missão para roubar um escaravelho dourado da posse de um homem chamado Arthur Harrow (Ethan Hawke).

Harrow é um líder de culto mortal que está distribuindo punições em nome da deusa egípcia Ammit. Ela aparentemente pode dizer se seus delitos superam sua bondade. E se esses delitos não precisam já ter acontecido, a deusa pode ser se em um possível futuro algum futuro você cometerá algo ruim, e já será julgado por isso. Harrow é estabelecido como nosso vilão quando ele julga um par de seus seguidores, usando uma bengala misteriosa e uma tatuagem de uma balança.

Este também é o ponto no episódio em que as coisas inevitavelmente ficam confusas, com um Steven em pânico, sua mente vira para frente e para trás entre sua própria identidade e a de Marc Spector, um mercenário que parece estar trabalhando com o deus da lua egípcio Khonshu. 

Imagem

 

Temos a serie Disney-friendly?
 

Os fãs de Moon Knight que estavam curiosos sobre como o MCU lidaria com o estilo brutal de luta de Spector, confesso que  eles provavelmente ficarão um pouco irritados ao descobrir que este primeiro episódio usa principalmente cortes entre essas duas identidades para pular os momentos mais sangrentos de Marc em vez de colocá-los em exibição completa.

Os cortes porém parecem ser propositais, pós a identidade de Spector, ainda não nos foi revelada por completo, é possível já perceber que a serie de diferença de outras já no MCU. O sangue não é escondido e o tom brutal esta ali, mas a certeza sobre ate que ponto o filtro Disney atrapalhará so iremos ver os próximos episódios.

Legenda

Veredito

"O Problema do Peixinho Dourado" é uma introdução bastante sólida ao mundo de Cavaleiro da Lua, nele vemos  Steven  começar a entender que sua mísera vida tem sido uma farsa por meio de suas interações refletidas com Marc, e a perseguição da entidade Khonshu.

Alias um ponto positivo para a forma como Khonshu foi projetado para a série, ele realmente parece perfeito! Quem da voz ao deus é F. Murray Abraham, devemos dizer, um golpe de mestre.

A historia de Cavaleiro da Lua, pode ser analisado de três formas:

  • 1. você pode colocá-lo no meio do Universo Marvel e nivelar a outras historia de anti-heróis da casa das ideias,
  • 2. você pode mergulhar na mitologia egípcia de tudo isso,
  • 3. você pode tentar um estudo de sua jornada de saúde mental.

Aqui, a equipe de roteiristas escolheu opções dois e três, mas ainda é muito para disputar, e talvez malabarismo tudo, dadas as restrições de uma série de seis episódios pode ser desafiador. Vou dizer que é refrescante assistir a um ambicioso show da Marvel, Estou interessado em descobrir o quanto do bom coração do Steven pode estar em desacordo com a brutalidade mercenária do Marc mais tarde.

 

Khoshu na encoxada